Veja se vale a pena aderir à modalidade e até quando poderá sacar o dinheiro.

Para nascidos em abril, termina hoje o prazo para aderir ao saque-aniversário do FGTS

Banner convidando para o Mobills

O prazo para aderir ao saque-aniversário termina nesta quinta-feira (30), para aqueles que nasceram em abril.

Isto é, se estes trabalhadores quiserem sacar o benefício na nova modalidade ainda este ano.

Os optantes por este novo tipo de saque do FGTS poderão sacar valores de suas contas uma vez por ano, mas perderão o direito de receber o montante do fundo em caso de demissão sem justa causa.

Aqueles nascidos em abril que perderem a oportunidade de aderir hoje, ainda poderão escolher a nova modalidade, mas só estarão aptos a sacar os valores em 2021.


O passo a passo para consultar o saldo do FGTS pela internet


Saque-aniversário do FGTS vale a pena?

Para saber se vale ou não mudar a modalidade do saque do FGTS, é preciso entender as diferenças entre os dois tipos.

Bem, até 2019 não havia opção, entretanto, a partir deste ano é possível escolher a forma como o trabalhador deseja sacar seu fundo de garantia.

Na modalidade preexistente, o trabalhador pode sacar o valor total do fundo em casos de demissão sem justa causa, para dar entrada na casa própria entre outros.

O saque-aniversário se diferencia da maneira tradicional, pois permite que anualmente parte do fundo seja sacado no mês do aniversário do trabalhador ou nos dois meses subsequentes.

Quem tem direito?

Todos os que possuam contas de FGTS sejam elas ativas ou inativas podem optar entre as modalidades de saque.

Como aderir ao saque aniversário?

Tanto pelo aplicativo do FGTS (Android/iOS) como pelo site ou pelo internet banking da Caixa é possível aderir ao saque-aniversário.

Quais são os valores que podem ser sacados?

Os valores dependem de quanto tem na conta do trabalhador, sendo um percentual deste acrescido de uma parcela adicional fixa, confira:

  • Saldo em conta de até R$ 500,00 – direito de saque de 50%, sem parcela adicional.
  • Saldo em conta de R$ 500,01 até R$ 1.000,00 – direito de saque de 40%, com parcela adicional de R$ 50,00.
  • Saldo em conta de R$ 1.000,01 até R$ 5.000,00 – direito de saque de 30%, com parcela adicional de R$150,00.
  • Saldo em conta de R$ 5.000,01 até R$ 10.000,00 – direito de saque de 20%, com parcela adicional de R$ 650,00.
  • Saldo em conta de R$ 10.000,01 até R$ 15.000,00 – direito de saque de 15%, com parcela adicional de R$1.150,00.
  • Saldo em conta de R$ 15.000,01 até R$ 20.000,00 – direito de saque de 10%, com parcela adicional de R$1.900,00.
  • Saldo em conta acima de R$ 20.000,00 – direito de saque de 5%, com parcela adicional de R$2.900,00.

É possível, após a adesão, voltar a modalidade tradicional?

Sim, no entanto, ao solicitar o retorno à modalidade do saque-rescisão, o trabalhador deverá esperar 24 meses.

Ou seja, o retorno não é imediato.

Enfim, vale ou não a pena?

Aderir ao saque-aniversário é válido para aqueles que desejem investir o dinheiro em aplicações melhores, já que o rendimento das contas do FGTS são baixos.

Contudo, os trabalhadores que optarem por tal modalidade não podem perder de vista o objetivo do dinheiro, que é ser uma reserva para um momento crítico: como a perda do emprego, por exemplo.

Lembrando que a multa dos 40% sobre o saldo do FGTS continua sendo devida ao trabalhador que for demitido sem justa causa.

A conclusão é que o saque-aniversário vale a pena em casos que o trabalhador tenha uma reserva de emergência constituída ou planeje constituí-la com os valores retirados.

Não é aconselhável sacar os valores para uso indiscriminado (leia-se gastar tudo em itens supérfluos), usando-o como uma espécie de bônus anual.

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

P.s.: O que achou da notícia? Conhece alguém que possa se interessar? Então, compartilhe esse post!

Quer acompanhar nosso conteúdo também no Instagram? Clique aqui e siga o @mobillsedu!

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, deixe seu comentário.


SAIBA MAIS:

Postado em: Notícias


Escrito por Ariane Lopes

Ariane Lopes, redatora do Portal Mobills. Formada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará - UFC e Pós-graduanda em Gestão Pública pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB. Pesquisadora incansável dos temas educação financeira e finanças pessoais. Principais hobbies: assistir documentários, ler, organizar eventos e viajar.


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar de

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app