Saiba quais as duas principais situações em que o Tesouro Direto ainda é uma opção válida, mesmo com a Selic tão baixa

Com os sucessivos cortes na taxa básica de juros (Selic), atualmente em 4,25%, os investimentos mais usuais como Tesouro Direto, fundos DI e Poupança perderam rentabilidade e espaço nas carteiras dos investidores.

Nesse novo panorama, os rendimentos da Poupança, por exemplo, não irão cobrir nem a inflação projetada para o ano de 2020.

Pensando nisso, a opção é buscar diversificar a carteira e (visando melhores rentabilidades) partir para a renda variável.

Entretanto, os títulos públicos (Tesouro Direto) podem até continuar a figurar nas carteiras dos investidores, em situações específicas.

Ainda assim, é importante prestar bem atenção às características de cada um, para aplicar corretamente, já que a queda nos juros afeta de modo diferente o: Tesouro Selic, Tesouro IPCA+ e Tesouro Prefixado.

Veja a seguir, em quais casos ainda é uma opção válida investir no Tesouro Direto, mesmo com a Selic tão baixa.

Reserva de Emergência

Para os valores separados para a reserva de emergência, os títulos do Tesouro ainda são uma boa opção.

Isso porque esse dinheiro deve estar disponível no caso de um evento inesperado. Desse modo, a liquidez do investimento é crucial.

Basicamente, essa reserva funciona como um caixa para momentos inesperados.

Porém, para que o dinheiro não perca seu poder de compra e possa se valorizar, mesmo que minimamente, é importante aplicá-lo em algum investimento.

Além disso, para que se possa contar com os valores praticamente certos quando ocorrer uma situação extraordinária, é preciso que o investimento não esteja tão exposto à volatilidade.

Nessa ótica, embora o Tesouro Selic renda menos que outros títulos do Tesouro, é o único que pode ser sacado de imediato sem uma perda significativa do valor inicial aplicado.

Soma-se a isso o fato da queda de juros afetar mais pesadamente os títulos com parte prefixada, ou seja, Tesouro IPCA+ e Prefixado.

Poupança x Fundos DI x Tesouro Selic

Em um comparativo rápido, pode-se dizer que as contas-poupança abertas a partir de 2012, que rendem 70% da Selic, retornariam ao investidor 2,98% ao ano.

Enquanto um fundo DI, descontado de IR e com taxa de administração de 0,5%, retornaria 3,29% a.a.

Já o Tesouro Selic 2025, atualmente está rendendo 4,25% + 0,02% ao ano. Fica clara a diferença entre as remunerações.

Portanto, caso o seu objetivo financeiro seja formar sua reserva de emergência, o Tesouro Selic ainda é uma opção válida.

Para entender melhor como montar e como funciona uma reserva de emergência, leia o texto a seguir:


Aprenda a montar sua reserva de emergência e proteja-se de imprevistos financeiros


Aplicações mais longas

Para quem dispõe de quantias que podem ficar aplicadas por um horizonte temporal maior, um dos tipos de títulos do Tesouro Direto também pode ser uma boa alternativa.

Trata-se do Tesouro IPCA+, papel atrelado ao IPCA e que pode ser interessante para quem investe pensando na aposentadoria.

A depender do tempo que o dinheiro fica investido, há diversas possibilidades de resgatar o valor inicial corrigido pela inflação:

  • IPCA+2,57% ao ano nos títulos com vencimento em 2026;
  • IPCA+3,37% ao ano nos títulos com vencimento em 2035;
  • IPCA+3,37% ao ano nos títulos com vencimento em 2045.

Veja todas as opções clicando neste link.

Entendendo melhor o Tesouro IPCA+

Dentro do Tesouro IPCA+ há uma divisão.

Existem papéis que pagam juros semestrais e outros que pagam juros mais principal apenas ao final da aplicação.

Na prática, os papéis que pagam juros semestrais rendem menos do que os que estão sujeitos apenas ao resgate total no final do contrato.

Isso se deve ao fato de uma parte do dinheiro ser retirado todos os meses, o que diminui o poder dos juros compostos.

Contudo, mesmo diminuindo o valor recebido a título de remuneração do capital, alguns especialistas em investimentos indicam com maior ênfase a compra dos títulos com remunerações semestrais, pois, segundo eles, os investidores tendem a sentirem-se melhor ao verem os rendimentos sendo creditados em suas contas.

Ou seja, no aspecto psicológico, saber que o dinheiro está sendo remunerado não é suficiente para a maioria dos investidores.

P.s.:  Gostou de conhecer as situações em que o Tesouro Direto ainda é uma opção válida, mesmo com a Selic baixa? Então, compartilha com seus amigos e familiares.

Sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.


APRENDA MAIS:

Veja quais são os melhores investimentos para 2020


View this post on Instagram

Você se considera uma pessoa FOCADA? ⠀ Aprender a manter o foco pode parecer difícil, principalmente no mundo em que vivemos onde as distrações estão em todo lugar. Por essa razão, compreender a importância de manter o foco é essencial. ⠀ Por isso, para manter o foco você precisa: ⠀ 1. Entenda por que manter o foco: Mesmo que esteja sendo muito difícil manter o foco, pense sobre o porquê você precisa atingir uma meta específica. Ao compreender os motivos pelos quais busca seus objetivos, manter o foco se tornará mais fácil. Criar uma lista de prioridades pode te ajudar a se concentrar melhor e se livrar de tudo aquilo que te atrapalha. ⠀ 2. Exercitar-se com frequência: Exercício é bom por muitos motivos, e um deles é ajudar a manter o foco. Exercitar-se por 30 minutos, cinco dias por semana, é o ideal. ⠀ 3. Fazer intervalos: Esforçar-se demais para manter o foco às vezes pode surtir um efeito contrário. Ao invés disso, faça pequenas pausas. Muitas pessoas acreditam que pequenas pausas são prejudiciais, mas os intervalos são importantes quando se precisa manter o foco. ⠀ 4. Refletir sobre seus objetivos: Lembrar o motivo pelo qual deseja alcançar determinada meta é essencial para manter o foco. Se não há um motivo claro, então será bem mais difícil se manter focado. Deixe suas metas visuais e claras, para sempre se lembrar dos objetivos. ⠀ Gostou das dicas? Marca um amigo que precisa ver esse post. 🤩 ⠀ Siga @mobillsedu e @mobillsapp ⠀ 📲 Ative as notificações! 💙 Se gostou, deixar o like e seu comentário, isso é muito importante para nós. 📌 Se não tem tempo para ler agora, salve este post para ler depois. ⠀ #mobillsedu #aprendizmb #educacaofinanceira #dicasfinanceiras #estilodevida #foco #saude #objetivos #dicaspraticas #resultado #metas

A post shared by Mobills Educação Financeira (@mobillsedu) on