Veja as principais orientações para que você possa se reeducar financeiramente na volta das férias
Por favor, avalie esse Post

Veja as principais orientações para que você possa se reeducar financeiramente na volta das férias

O período mais comum de férias dos brasileiros é entre dezembro e janeiro. Porém, com as férias escolares de julho, muitos pais também aproveitam este momento para descansar e curtir com a família.

Apesar de tudo isso ser muito bom, o período de férias costuma deixar resquícios, principalmente na questão financeira. De acordo com Reinaldo Domingos, educador financeiro, essa é uma grande oportunidade para que todos os membros da família possam promover uma mudança em seus hábitos e também para que se reeduquem financeiramente.

Segundo Domingos, algumas impulsividades e certos descontroles cometidos nos dias em que as crianças estão em casa geram reflexos nos momentos posteriores, quando as contas chegam, e é aí que passamos a ter noção do real tamanho das dívidas.

Visando ajudar aqueles que perderam o controle no período das férias, trazemos algumas orientações para que possam retornar à rotina sem sentir um maior impacto nas finanças pessoais.

Principais orientações para se reeducar financeiramente na volta das férias

Elabore um diagnóstico financeiro do período de férias

Liste todas as despesas que você teve ao longo dos dias de férias. Separe as despesas em categorias, pois, dessa forma, será possível ter uma visão bastante ampla e, ao mesmo tempo, minuciosa dos gastos efetuados.

Isso irá permitir que você descubra quais áreas foram mais afetadas e onde você poderá reduzir os excessos e gastos supérfluos.

Veja também:

Como se preparar para uma viagem de férias

Quer economizar na viagem de férias? Veja algumas orientações.

Separe uma verba para o lazer

Não se esqueça do planejamento

Diversas famílias costumam terminarem as férias endividadas pelo simples fato de não se planejarem adequadamente.

Sendo assim, comece a se programar a partir de agora, veja o que pretende fazer nas próximas férias e a já juntar dinheiro, para não ter que ficar longos meses após as férias pagando parcelas intermináveis e comprometendo todo o seu orçamento.

Leve as crianças para comprar o material escolar

Indo de encontro ao que outros especialistas afirmam, Domingos recomenda que os pais levem sim as crianças para pesquisarem os materiais escolares junto com eles, uma vez que essa é uma ótima oportunidade para ensiná-las a colocar em prática os ensinamentos da educação financeira e a comprar com consciência.

Negociação é fundamental

Grande parte das pessoas tem dificuldade em pedir desconto ou tentar alguma condição de pagamento melhor quando vão realizar uma compra, entretanto, a negociação é uma prática mais do que natural no comércio e que normalmente gera ótimos resultados.

Leia mais:

Veja como negociar suas dívidas e sair do sufoco

8 estratégias para organizar as finanças pessoais

Por que e como ensinar finanças pessoais para seus filhos

Lembre-se: o barato pode sair caro

Algumas vezes o que é mais barato é a melhor opção para economizar, mas isso nem sempre é verdade. Materiais mais baratos também podem ter qualidade inferior,  quebrando/rasgando/desgastando com muito mais facilidade, fazendo com que se tenha que comprar outro produto em um curto período de tempo.

Portanto, analise bem as opções e compre aquela que apresentar o melhor custo-benefício.

Recicle e reutilize o que for possível

Faça uma revisão no material utilizado até o momento e veja o que consegue ser reutilizado ou reciclado. Se possível, faça essa atividade com as crianças, pode ser divertido, além de econômico e sustentável.

Se tiver mais de um filho, o material didático, por exemplo, se bem cuidado, pode passar do mais velho para o mais novo.

Curtiu nossas dicas sobre como se reeducar financeiramente na volta das férias? O que você está fazendo quanto a isso? Compartilhe conosco! 

Gostou do artigo Veja as principais orientações para que você possa se reeducar financeiramente na volta das férias? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários