Será a hora de abandonar a poupança?

A poupança é a aplicação mais popular do Brasil. Mas será mesmo que esta é a melhor opção de investimento? Ela sofre influência direta da taxa de inflação e, portanto, não é sempre que podemos considerá-la como uma boa alternativa. Fazer uma análise da conjuntura econômica para, então, poder listar prós e contras, é imprescindível na hora de escolher o destino do seu capital.

Hoje em dia, ao investir na poupança você deixa de ganhar dinheiro. Isso acontece porque estamos vivendo no país um período de alta da inflação. Dessa forma, ao aplicar as suas economias na caderneta você perde poder de compra, uma vez que seu capital estará se desvalorizando.

Se você está repensando o destino das suas economias este artigo é para você! Continue lendo e descubra por que a poupança pode não ser a melhor alternativa para você e seus investimentos:

Decadência da poupança

Atualmente no Brasil o que ocorre é um padrão de forte retirada do montante investido na caderneta. Isso se dá tanto pelo fato de que o rendimento da poupança não oferece lucros expressivos, quanto pela atual situação da economia brasileira.

A população está retirando o dinheiro para cobrir despesas e quitar dívidas, além das altas taxas de desemprego, que estão fazendo com que parte do povo precise de seus recursos investidos para se manter.

Em 2016, o número de retiradas já superou o de aplicações. Entre janeiro e agosto, houve um volume de saques que totalizou mais de R$ 48,1 bilhões.

Leia mais:

Você deixa de ganhar dinheiro ao investir na poupança

O passo a passo para construir seu plano de investimentos

Home Broker: a tecnologia a favor de seus investimentos

Outros investimentos oferecem melhor rentabilidade

Percebeu que ao investir na poupança você estaria perdendo dinheiro ao invés de ganhar? Você deve, então, passar a conhecer as demais alternativas disponíveis no mercado financeiro para fazer o seu capital render. Só não vale deixar o dinheiro parado!

É importante definir o seu perfil de investidor, assim como os seus objetivos com as aplicações, para conseguir entender quais são as opções mais adequadas. Uma dica é estudar o mercado de ações, para aprender como investir na bolsa de valores. A bolsa oferece opções diferentes para todos os perfis de investidores, uma vez que há diversas modalidades de investimento.

Você pode, por exemplo, investir em empresas brasileiras, ao mesmo tempo em que investe no mercado futuro, onde pode aplicar dinheiro no preço do boi, do dólar, e até mesmo investir em empresas internacionais como a Apple e a Disney.

Diversifique seus investimentos e aumente sua chance de lucrar

É interessante pensar em alternativas além da poupança, uma vez que a diversificação dos seus investimentos pode ser importante para maximizar suas oportunidades de realizar lucros. Mais uma vez, a Bolsa de Valores é uma excelente opção, já que te disponibiliza ativos de inúmeros setores em um só lugar.

Você pode também mesclar aplicações de renda variável com alguma de renda fixa, como o Tesouro Direto, por exemplo. A modalidade é acessível para todo padrão de investidor, uma vez que você pode adquirir títulos por cerca de R$30,00.

Além disso, é muito simples investir no tesouro, já que pode ser feito por meio do seu banco padrão ou por uma corretora de valores.

Veja também:

Como funciona a bolsa de valores?

Aprenda a investir no Tesouro Direto em 5 passos

4 motivos para não deixar seu dinheiro parado

Segurança não é exclusividade da poupança

Um dos fatores que mais segura os investidores na poupança é a sua estabilidade. O medo de perder dinheiro com outros tipos de aplicação faz com que o poupador com um perfil um pouco mais conservador não considere nada além da caderneta de poupança.

Entretanto, o que muitas pessoas não sabem é que o que garante a segurança da poupança é o FGC, Fundo Garantidor de Crédito. O órgão oferece uma garantia em até R$250 mil por CPF e por instituição financeira. Nesse caso, em um cenário de falência do banco onde está a sua conta, você não perderia o seu dinheiro. Bem legal, não é?

Porém, pouca gente sabe que o FGC oferece o mesmo mecanismo para outros tipos de investimento, como é o caso do CDB (Certificado de Depósito Bancário),  das LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LCA (Letras de Crédito do Agronegócio). Portanto, todas essas modalidades possuem a mesma segurança que a poupança e, em contrapartida, uma rentabilidade muito superior.

Percebe como todos os benefícios da poupança também são encontrados em outras modalidades de investimento? E em termos de rentabilidade ela é que sai perdendo.

Reveja suas finanças e não fique para trás! Será que a poupança é mesmo o melhor lugar para o seu dinheiro ou está na hora de abandoná-la e procurar investimentos mais lucrativos? Compartilhe seu posicionamento conosco!

Gostou do artigo Será a hora de abandonar a poupançaA sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários