Economizar

Por que você deve economizar em casa e como isso influencia sua vida

Moedas e gravura de uma casa simbolizando o tema economizar em casa
Regiane Santos
Escrito por Regiane Santos

Comece hoje mesmo a mudar seus hábitos. Renove-se e aprenda como economizar um bom dinheiro em casa.

Por que você deve economizar em casa e como isso influencia na sua vida

Banner convidando para o site do Mobills

Quando você precisa comprar um pacote de café, normalmente verifica os preços das marcas disponíveis na prateleira do supermercado? E entre os supermercados?

Você sabe qual foi a média de aumento no valor do botijão de gás nos últimos meses?

E, ao sair do médico, você costuma pesquisar o valor dos medicamentos receitados por ele para restabelecer a sua saúde?

Se você não soube responder a essas perguntas sem consultar a internet, preste atenção nas respostas.

Um simples pacote de 500 gramas de café pode ter variações de preço de até 15% entre marcas e 30% entre a mesma marca em supermercados diferentes.

O gás de cozinha ficou praticamente 16% mais caro no ano de 2017.

Alguns medicamentos, como o Paracetamol, aquele remédio que usamos para curarmos os nossos resfriados, chegam a ter uma variação de mais de 2.000% entre as farmácias de algumas capitais.

São incríveis esses percentuais, você não acha?

Agora, imagine o impacto dessas variações de preços no seu salário.

Não é só a inflação que está comprometendo a sua renda, mas também a sua falta de atenção.

Quando você deixa de economizar em casa e relega o orçamento doméstico para segundo plano, as consequências atingem em cheio o seu bolso.

Como nunca percebi a necessidade de economizar em casa?

Com certeza, você já vem sentindo os reflexos da sua falta de atenção com a rotina da casa sempre que chega o fim do mês.

Ou melhor, bem antes do fim do mês.

É aquela velha história de ter mais mês do que salário, certo?

Se você ainda não mora sozinho (ou com o seu par), os seus pais e familiares, que são responsáveis pelas despesas domésticas, podem estar vivendo esse drama.

Mas você pelo menos cogitou a possibilidade de saber como economizar em casa pode fazer a diferença na sua vida?

Há mais ou menos 5 meses, eu também não saberia responder as perguntas que fiz no início do artigo.

Porém, hoje, sei bem como economizar em casa pode fazer uma diferença e tanto no meu orçamento familiar.

Há 10 anos, cultivo o hábito de poupar, mas tive uma nova experiência com o orçamento doméstico no segundo semestre de 2017.

Fiquei sem emprego e passei a viver com louvor a rotina doméstica, especialmente porque estou desenvolvendo o meu próprio negócio. Logo, fico uma boa parte do meu tempo no meu lar doce lar.

Foi quando descobri que não damos importância para esse assunto, mas ele tem um impacto e tanto nas nossas finanças pessoais.

Sempre torcia o nariz para as coisas de casa. Pensava que elas não eram tão importantes assim.

Entretanto, nos últimos meses, aprendi valiosas lições sobre como economizar em casa e como isso fez e está fazendo a diferença na minha vida.

Economizar em casa: Comece pelo supermercado

Meu pai brinca que “a boca nunca para”. Embora a afirmação dele seja óbvia, é a mais pura verdade.

Vira e mexe, estamos nós no supermercado, mercearia ou hipermercado.

Na maioria das vezes, o que fazemos quando chegamos nesses lugares?

Pegamos um cestinho ou carrinho, compramos o que precisamos, passamos no caixa e pagamos com o cartão de crédito ou débito, não é mesmo?

Quando fazemos as compras de maneira automática, com certeza ganhamos um pouquinho mais de tempo. Contudo, deixamos de economizar em casa.

Antes de partirmos para o supermercado, mercearia ou hipermercado, não deveríamos pesquisar os preços entre os estabelecimentos próximos da nossa casa?

Se você morar em capitais, existem sites que fazem essas pesquisas de preços e nos disponibilizam essa informação sem nos cobrar nada por isso.

Moro em Minas Gerais e aqui, em Belo Horizonte, temos o Mercado Mineiro que pesquisa preços entre muitos itens e deixa disponível na web para a nossa consulta.

Cheque se onde você mora existem sites como esse, porque eles podem facilitar (e muito) a sua pesquisas de preços.

Além de fazer essa pesquisa de preços entre estabelecimentos, você já experimentou pesquisar preços entre marcas de produtos?

Você pode achar um absurdo mudar a marca de iogurte consumida há anos, todos os dias.

Mas por que você não faz o teste com uma marca que está na promoção ou que está com um preço mais em conta?

Há alguns dias, meu iogurte preferido tinha dobrado de preço e decidi arriscar uma nova marca que custava 78% mais barato.

E minha experiência foi sensacional! Adorei o iogurte e nem penso mais na marca antiga.

Economizando com marca própria e dia da semana

Minha sacada foi apostar em produtos com a marca do próprio supermercado.

Na maioria dos casos, os estabelecimentos têm produtos de qualidade com valores bem mais acessíveis, além de promoções.

Outra mudança que fiz na minha rotina doméstica, foi frequentar o supermercado, especialmente os hortifruti, às segundas-feiras.

Normalmente, as mercadorias são repostas depois do final de semana e os preços bem mais baratos do que sexta, sábado e domingo.

Você pode estar pensando que como estou à toa, posso me dar esse luxo de ir ao supermercado em plena segunda-feira, certo?

Errado! Basta só um pouquinho de planejamento na sua rotina para que você consiga economizar em casa.

Nessa nova fase da minha vida, aprendi a reorganizar o meu dia a dia e ser ainda mais produtiva, fazendo um planejamento diário que realmente atenda aos meus interesses.

E se economizar em casa for uma prioridade, você também vai conseguir um tempinho na sua agenda para fazer as compras da sua casa na segunda-feira.

14 DICAS SUPER SIMPLES PARA ECONOMIZAR NO SUPERMERCADO

Faça você mesmo

Outro desafio que me deparei nessa nova fase foi com a terceirização das tarefas domésticas.

Quando trabalhamos, costumamos delegar várias coisas de casa para as outras pessoas fazerem por nós.

Seja desde a tradicional faxina até a roupa que deve ser passada.

E por que não lembrar daqueles saborosos quitutes que sempre compramos na padaria, não é mesmo?

Sem dúvidas, é bem mais fácil pagar alguém para que ele faça algo por nós, especialmente as tarefas domésticas, que não gostamos muito.

Mas com essa reorganização da minha vida, aprendi a gerenciar o meu tempo para eu mesma fazer as tarefas domésticas.

Programo um horário todos os dias para cuidar da casa.

Como são várias tarefas, não faço tudo de uma só vez.

Cada dia, uma obrigação.

E no final da semana está tudo um brinco.

Nunca gostei muito de cozinhar, mas, agora, me dispus a isso.

Até mesmo o tradicional pãozinho francês deixei de comprar e passei a fazer em casa.

E sabe qual foi o resultado?

Nem penso mais em padaria. O pão que estou fazendo é muito mais saboroso do que o pão de qualquer padaria.

Além disso, passei a ter uma alimentação muito mais saudável e nutritiva e até perdi uns quilinhos extras que estavam me incomodando há algum tempo. E o melhor da história, sem nenhum sacrifício.

A arte de colocar tudo na ponta do lápis

Todas essas mudanças só começaram porque passei a registrar todos os meus gastos domésticos.

Confesso que iniciei nessa jornada com a velha história de colocar tudo na ponta do lápis, literalmente, anotando todos os meus gastos domésticos em um caderninho.

Mas, na primeira semana, já não aguentava mais ver esse tal de caderninho.

Afinal, para você ter um controle do que gasta, precisa anotar tudo o que consome, sem hesitar.

Foi quando comecei a pesquisar na internet um aplicativo que pudesse me ajudar nessa tarefa e encontrei o Mobills.

Com ele no meu smartphone, passei a saber para onde o meu dinheiro estava indo e descobri todos os meus gargalos domésticos.

E tracei um planejamento para reduzir essas despesas que estavam consumindo uma boa parte do meu dinheiro.

Passei até a ter relatórios e gráficos da minha evolução financeira. Acesso todas as informações quando preciso.

E, nos últimos 3 meses, consegui economizar mais de R$ 1.000 com essas mudanças que falei no artigo.

Incrível, não é mesmo?

PORQUE VOCÊ PRECISA FAZER UM CONTROLE DE GASTOS PESSOAIS

Mudanças são sempre bem-vindas

Muitas vezes, pensamos que as mudanças são ruins.

Quantas vezes não torcemos o nariz para a crise econômica ou choramos a perda do emprego.

Mas as mudanças podem ser sim positivas e nos fazer enxergar novas possibilidades que nem sequer cogitamos em nossas vidas.

E foi o que aconteceu comigo.

Confesso que não foi nada fácil no começo, mas resolvi encarar a vida de frente, aproveitei  as circunstâncias e mudei a minha vida.

E você não tem ideia de como isso me fez bem.

Então, se algo não está tão legal, mesmo que não seja só no bolso, mude.

Não fique esperando a hora ideal, porque ela nunca chegará.

Além disso, esqueça o medo e o comodismo.

Se você ficar preso a eles, nunca vai sair do lugar. Muito menos economizar em casa.

Comece hoje mesmo a mudar os seus hábitos. Renove-se.

E sinta no bolso a diferença.

*****

LEIA MAIS:

Como implementar uma mudança de vida e fazer de 2018 um ano financeiro diferente?

Descubra 12 hábitos dos milionários que, se praticados, irão mudar sua vida

Como economizar dinheiro a partir de hoje: 10 dicas fundamentais

*****

Banner convidando para o site do Mobills

Comentários