Saiba qual a melhor maneira de pagar suas compras na Black Friday

Banner convidando para o site do Mobills

Neste ano, a Black Friday acontece no dia 25 de novembro e já promete ser uma data cheia de descontos para conquistar os clientes que ainda estão em dúvida sobre as compras do final do ano. A ocasião promete aquecer o comércio e é considerada a largada para as compras do último período de 2016.

Se você conferiu nosso post anterior com dicas para economizar de verdade na Black Friday já sabe o quão importante é verificar a loja e se certificar de que a compra vai ser segura, mas só isso não é suficiente. Essa é uma data para ter cuidado redobrado com o bolso, descontos de 80% podem ser muito tentadores, mas podem motivar compras por impulso e a aquisição de produtos desnecessários.

A falta de planejamento para a Black Friday pode nos levar ao endividamento (ainda mais considerando as outras despesas de fim de ano). Porém, acredito que ninguém queira começar 2017 com dívidas, não é mesmo? Então, decidimos falar sobre a melhor maneira de pagar suas compras na Black Friday, para que você já vá pensando desde agora no que vai comprar e como vai pagar com segurança, evitando, assim, passar por apuros depois.

Cartão de crédito: a melhor maneira de pagar suas compras na Black Friday

Segundo Tom Canabarro, co-fundador da Konduto (empresa que fornece sistemas antifraude) e especialista em segurança, a opção mais segura para evitar que seu dinheiro caia nas mãos erradas nesta Black Friday é pagar com o cartão de crédito.

Para ele, “apesar do Brasil ser um dos países com maior índice de clonagem de cartão e fraudes, o cliente sempre estará protegido, pois se uma compra online for feita sem consentimento do titular do cartão, ele pode sim exigir estorno da compra junto ao banco ou à operadora do cartão”.

Leia mais:

10 dicas para usar melhor seu cartão de crédito

Aquilo que você talvez não saiba, mas deveria saber, sobre seu cartão de crédito

Limite do cartão de crédito: entenda como funciona

Pagamento por Boleto Bancário pode ser arriscado

É bastante comum ver a opção de pagamento por boleto nas lojas online e essa opção muitas vezes vêm acompanhada de um desconto extra por ser à vista, contudo, o barato pode sair bem caro. Neste caso, não há a mesma segurança presente em compras realizadas com o cartão de crédito, “uma vez que o pagamento é feito, as instituições financeiras se eximem de qualquer risco, e nesse momento o cliente desatento pode ser vítima de um golpe”, esclarece Tom.

Sendo assim, desconfie de sites que só aceitam uma forma de pagamento (à vista). O golpe mais comum nessa data é feito a partir de sites “fantasmas”, com descontos absurdos, mas que aceitam somente pagamento através de boleto bancário. É importante estar sempre atento ao site e procurar referências (fazer uma pesquisa árdua mesmo), pois se a loja ficar offline e você já tiver pago o documento, não haverá forma de conseguir seu dinheiro de volta.

Como se proteger de golpes?

Como já dito, pesquisar ainda é a forma mais segura, procure saber se a loja que você está comprando realmente existe, se tem uma central de atendimento para te ajudar caso aconteça algum imprevisto com a sua compra, se pessoas de sua confiança já compraram nessa loja e, se ela também possui estabelecimento físico, o que pode deixá-la ainda mais confiável.

Além disso, verifique se os descontos da Black Friday são realmente bons descontos, não se esqueça de deixar seu antivírus ativo durante todo o processo de compra e evite fazer transações em computadores públicos.

Entre em contato com as empresas

Não hesite em reclamar caso ocorra algum problema durante a compra ou mesmo no processo de entrega, a empresa precisa saber o que está acontecendo e tomar responsabilidade. Se possível, ainda, salve todos os e-mails referentes à compra e tire “print” das telas.

Organizar as finanças é fundamental

Organize suas finanças antes de aproveitar os descontos da Black Friday, não saia comprando tudo apenas pelos descontos, verifique se a compra cabe no seu orçamento e não vai pesar no futuro.

No Mobills, já deixe listada suas despesas essenciais do mês, aquelas que não podem ser adiadas, como água, luz, telefone, entre outras. Verifique a receita que vai sobrar e se as parcelas cabem dentro desse valor.

Cartão pré-pago pode ser uma boa saída

Outra dica é utilizar cartão pré-pago, com um valor já pré-estabelecido. O cartão pré-pago é fácil de conseguir e está disponível nas bandeiras mais comuns do mercado. A principal vantagem desse tipo de cartão é ajudar a limitar seus gastos, uma vez que você vai definir um valor e ter que ficar atrelado a ele.

Veja também:

Como fazer um planejamento financeiro com a ajuda da tecnologia

9 mitos sobre finanças pessoais e como evitá-los

Como poupar dinheiro: saiba quanto guardar e por que juntar por mês

Sinais de melhora

Com o passar dos anos as reclamações de fraude no Black Friday têm diminuído, os sites estão se tornando mais confiáveis e os consumidores mais atentos, mas ainda assim é um prato cheio para atividades mal intencionadas, redobre sua atenção e fique atento para mais dicas do Blog Mobills em relação à Black Friday!

Curtiu nossa dica sobre a melhor maneira de pagar suas compras na Black Friday? Já fez o planejamento das suas compras? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Saiba qual a melhor maneira de pagar suas compras na Black Friday? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário