Investimentos

Qual o melhor investimento em 2016 para você

melhor investimento em 2016
Victor Leitão
Escrito por Victor Leitão

Qual o melhor investimento em 2016 para você

O atual cenário econômico do Brasil requer muita cautela por parte daqueles que pretendem investir em 2016. Conhecer as possibilidades, modalidades e potencialidades existentes no mercado será essencial para ajudar você a tomar a decisão mais segura de como realizar seu investimento em 2016. No post de hoje, apresentamos as melhores opções de investimentos. Vamos lá?

Melhor investimento em 2016

Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa são uma boa alternativa para aqueles que podem dispor do dinheiro durante um tempo determinado e não querem correr riscos. Se o prazo previsto para o investimento for curto, vale a pena apostar em LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio), que são isentas de cobrança de Imposto de Renda.

Ainda para investimentos em curto prazo, outra boa opção são os CDBs (Certificados de Depósito Bancário), que diferem das Letras de Crédito apresentadas anteriormente por serem sujeitos à cobrança do Imposto de Renda. Em ambos os casos, letras e certificados são protegidos em até 250 mil reais pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), garantindo o reembolso caso a instituição financeira responsável venha a ter problemas.

Temos ainda a possibilidade de investimento no chamado Tesouro Direto, que atrela sua rentabilidade à taxa Selic ou, em alguns casos, ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), o que garante uma rentabilidade menor do que de outras aplicações de médio e longo prazo — mas superior à da poupança, sendo que o Tesouro Direto atrelado ao IPCA garante ganhos superiores à inflação.

Ações

O mercado de ações pode ser uma boa opção de investimento — desde que o interessado entenda que se trata de uma aplicação de rentabilidade variável, sujeita à volatilidade do mercado. Recomenda-se que o investidor diversifique sua carteira de investimentos e que seja precavido ao alocar seus recursos. Dentre as opções de papéis disponíveis no mercado, selecionamos alguns que prometem um bom resultado em 2016.

Dentre os papéis de baixo risco destacam-se: Itaú Unibanco, com boa expectativa de crescimento devida, entre outros fatores, por sua reestruturação interna, que conjugou equilíbrio de caixa com diminuição de custos; Bradesco, com valorização amparada, dentre outros motivos, na aquisição do HSBC e a consequente ampliação do patrimônio da instituição; Ambev, com boas perspectivas sobretudo em função da política de ampliação de sua atuação, seja investindo em nova linha de produtos premium, seja ampliando sua participação no mercado da América Latina e Caribe.

Leita também: O passo a passo para construir seu plano de investimentos

Dentre os papéis de médio risco, destacam-se: Hypermarcas, cuja venda de sua divisão de cosméticos e o foco voltado para os produtos farmacêuticos promete elevar o desempenho da empresa; Raia Drogasil, que promete um plano de expansão e abertura de novas lojas já em 2016; e BRF que, com produtos que alcançam os mercados de 120 países, consegue manter uma boa valorização, mesmo com a queda de suas ações em função dos resultados no Brasil. Sua expansão em direção aos mercados da África e Oriente Médio, impulsionada pela desvalorização do real, pode ser suficiente para manter consistentes os resultados da empresa.

Dentre os papéis de alto risco, destacam-se: Pão de Açúcar, que apesar de sofrer forte concorrência de outras gigantes do setor, apresenta um caixa saudável e diferenciais para competir com sucesso no mercado; Kroton, que sofreu com a desvalorização de seus papéis, sobretudo pelas mudanças promovidas no FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), mas que possui boa captação de financiamentos privados, cobrindo a lacuna aberta.

Franquias

Outra boa opção é investir em um negócio próprio, apostando em franquias — sobretudo as de investimento inicial baixo e que prometem boa rentabilidade.

Dentre as franquias recomendadas estão: Ahoba Viagens, com investimento de 1.600 reais e faturamento médio mensal de 2 mil; iGUi Trata Bem, com investimento inicial de 10.900 reais e faturamento médio mensal de 5 mil; e San Martin Seguros, com investimento inicial de 27.800 reais e faturamento médio mensal de 40 mil.

Diante das possibilidades, é importante que o interessado tenha clareza quanto ao que pretende em relação ao seu investimento em 2016. Seja através dos fundos de renda fixa, mercado de ações ou franquias, você agora conhece os caminhos para investir em 2016.

O que achou das nossas sugestões sobre o melhor investimento em 2016 para você? Conheceu algum outro interessante? Compartilhe conosco!

Quer melhorar sua situação financeira? Acesse www.mobills.com.br para conhecer todos os recursos do aplicativo ou se cadastre diretamente clicando aqui.

Gostou do artigo Qual o melhor investimento em 2016 para você? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários