Mobills Entrevista 3: Helane Maia
Por favor, avalie esse Post

Mobills Entrevista 3: Helane Maia

Mobills entrevista 3 - Figura 02

Conte-nos um pouco da sua história

– Sempre fui conhecida como alguém controladora e controlada e isso não podia deixar de fora minhas questões financeiras. Comecei uma família bem cedo e isso me ensinou a ter um estica-e-puxa das finanças bem controlado.

Após a faculdade, com grandes teorias e poucas práticas, comecei a fazer meus controles naqueles pequenos livros caixas, que a gente compra em qualquer papelaria, mas eles eram de pouca praticidade e errar era muito fácil. Um dígito somado errado, acabava com o dia!

Sempre trabalhei na área financeira e não achava coerente ser toda “certinha” numa área (profissional) e na outra não (pessoal). Minha principal qualidade (modéstia à parte) era justamente ter o domínio das contas a pagar e a receber das empresas onde atuei, enquanto que “na casa da ferreira o espeto era de pau”.

Testei planilhas (3 tipos deferentes), mas eram pouco atraentes. Testei outros 4 apps (justifica citar os nomes?), mas exigiam muito tempo para registrar uma informação, ou não tinham sincronização, ou exigiam internet fulltime para funcionar, ou não eram práticos, ou eram muito caros.

Experiência com o Mobills

– Por fim, um amigo me apresentou o Mobills. No começo, apresentava grande instabilidade, mas foi a melhor interface que já utilizei. Nenhum outro app me apresentou tão bem os controles e gastos com cartões de créditos (tinha 4 cartões).

Como meta, estipulei eliminar um cartão, o que consegui em 12 meses, graças aos controles, pois a vinculação da fatura do cartão a uma conta, já me dava o saldo de quanto aquele rombo representaria no fim do mês. Comecei a utilizar melhor os limites e principalmente o dia de compra (coisa que quase ninguém presta atenção).

Amo as cores e as marcações do app. Sou uma pessoa bem visual (uso o método do Bullet Journal como agenda diária, e as cores são premissas no processo). A sincronização também é outro diferencial incrível. Tive problema no início, como acredito que outros tiveram, mas o suporte sempre foi impecável para cada chamado e feedback que dei (e olha que eu era enjoada mesmo. Mandava um atrás do outro!).

Eu sempre digo: quando a coisa é boa, vale a pena compartilhar. Resolvi assinar o premium e indiquei pra uma amiga aqui do trabalho usar. Ela peca por não ser tão disciplinada e não atualiza seus registros com frequência, perdendo-se um pouco nos prazos e valores.

Mobills Entrevista 3 -> Helane Maia

O que mudou no seu dia a dia quando decidiu economizar?

– Pra mim, tudo é hábito. Se quisermos mudar, precisamos desenvolver hábitos que nos auxiliem. A rotina de todos os dias olhar o app e registrar me ajuda a manter o foco. Já era natural, agora já se encaixou na rotina como escovar os dentes.

Qual foi a despesa mais difícil de ser cortada?

– Comprar sapatos e bolsas pra mim e comprar presentes pras pessoas. Gosto de presentear amigos e parentes e dar um presente, por mais singelo que seja, é minha forma de demonstrar meu carinho, mas estou aprendendo a lhe dar com isso e troquei os presentes mais caros por chocolate. Quem não ama chocolate?

Leia também: 

7 hábitos benéficos para as finanças pessoais

Como cortar gastos supérfluos que podem atrapalhar o seu planejamento

10 coisas em que você NÃO deve gastar dinheiro

Como o Mobills te ajudou a controlar as finanças?

– A praticidade foi o principal. Poder ter um app que interage comigo é ótimo. Tem algumas coisas, alguns quesitos que temos a melhorar, mas isso é com o tempo.

As cores, o modo de personalizar do “meu jeito” e a mobilidade também ajudam muito.

O que você diria a quem quer mudar de vida e têm duvidas de por onde começar?

– Comece! Dê o primeiro passo.

Eu auxilio algumas pessoas e amigos e sempre dou a mesma dica: comece com duas colunas – O que pagar e o que receber. Anotar de vermelho o pagar em uma coluna e na outra, de outra cor, o receber.

Escolha um mês pra começar. Não fugir daquilo por uma semana. Depois por duas, por três… e assim vai. O resultado virá com o hábito e a disciplina.

Qual a funcionalidade do Mobills que você mais gosta?

– Sem dúvida, o controle dos CARTÕES DE CRÉDITO. É excelente e não havia visto nada igual em outro app. Amo ficar conferindo a fatura, doida pra pegar um erro da gerenciadora do cartão (mas até agora só peguei os meus próprios erros rs.)

Veja mais: 

10 dicas para usar melhor seu cartão de crédito

Empreender em casa: orientações importantes para o negócio prosperar

Como começar a economizar dinheiro hoje: 6 dicas fundamentais

Você já pensou em abrir seu próprio negocio?

– Eu tenho uma empresa de prestação de serviços. Porém, é só pra emitir Notas Fiscais para a empresa que atuo hoje. Ou seja, tenho um cliente único.

Quando abri a empresa, a minha ideia era justamente auxiliar, na área de controles financeiros, pequenos empresários que se perdiam na bagunça de contas pessoais e das empresas e para ajudar pessoas físicas nos seus empreendimentos e pagamentos pessoais.

O que você acha que desencoraja as pessoas na hora de mudar seus hábitos e economizar?

– Mudar dói e causa desconforto. Ninguém quer desconforto. Todos somos imediatistas. Ter que esperar pra ter algo e não poder ostentar o celular de última geração, o carro novo ou aquela roupa nova na festa de amigos é doloroso.

No entanto, aprendi que meus desejos e futuro dos meus filhos valem mais. Confesso que ainda cometo alguns pecados, vacilos, mas estou no caminho.

O que você aprendeu sobre Educação Financeira depois que começou a utilizar o Mobills?

– Que uso mais cartão de crédito do que deveria; que me achava alguém controlada, mas quando chegava a fatura e podia analisar com calma, tinham coisas que podiam esperar.

Que ter a casa a própria é possível (é a meta deste ano), mas que se o parceiro não estiver junto é bem mais trabalhoso (já tentei todos os meios para trazer meu marido para “o nosso mundo”, entretanto, ele acha meus controles excessivos e já confessou que não é disciplinado. Então, foi preciso dividir as contas da casa, para não haver estresse.

De que forma você conseguiu melhores resultados na economia?

– Analisando os gastos com cartão. Foi o maior impacto. Contudo, cuidando dos gastos com pequenas coisas deu pra ver bons resultados também.

Reduzimos as saídas pra comer, comprar presentes para amigos e parentes. Ainda não consegui usar todos os recursos do Mobills, como orçamento, por exemplo. Estipulei uma meta não condizente com minha realidade e sempre estouro, mas estou fazendo os ajustes ao longo do uso.

Bem Cecília (nossa social media), se gostou e quiser saber mais, só enviar as perguntas, estou no embalo, Hahaha…! Caso contrário, fiquei feliz em ser ouvida e no interesse de vocês na minha história. RUMO A ZERAR O 2º CARTÃO DE CRÉDITO!!

E aí, se identificou com o Mobills Entrevista 3 e a história da nossa usuária Helane Maia? Quer aparecer aqui no Blog Mobills? Envie-nos o seu depoimento, compartilhe sua história conosco!

Gostou do artigo Mobills Entrevista 3: Helane MaiaA sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários