Mobills

A história do melhor aplicativo de finanças pessoais do Brasil: Mobills

A história do melhor aplicativo de finanças pessoais do Brasil
Carlos Terceiro
Escrito por Carlos Terceiro

A história do melhor aplicativo de finanças pessoais do Brasil: Mobills

Fala galera do Mobills, tudo bem? Decidi escrever para contar um pouco sobre a história do Mobills (baixe agora para Android, iOS ou Windows Phone) e para tentar passar para vocês alguns dos ensinamentos que aprendi no decorrer dessa caminhada. Muitos são usuários recentes, outros já usam nosso aplicativo há bastante tempo e puderam acompanhar de perto a evolução que ele teve.

Sendo assim, quero falar um pouco dos bastidores dessa evolução desde o início, para que tanto os clientes novos quanto os antigos saibam como nasceu a ideia da criação da empresa Mobills.

A história do melhor aplicativo de finanças pessoais do Brasil: Mobills

Como surgiu a ideia

Desde cedo, eu (Carlos Terceiro, CEO do Mobills) já tinha um grande interesse por finanças pessoais, educação financeira, investimentos… e esse interesse fez com que eu sempre fosse uma pessoa organizada com meu dinheiro.

Em dezembro de 2012, eu comprei um smartphone Galaxy S2 e procurei um aplicativo de finanças pessoais para utilizar, pois queria trocar minha planilha de Excel por algo mais prático. Porém, para minha surpresa, não havia muitos aplicativos para tal propósito, e os que existiam não me agradavam.

Nessa época, eu trabalhava como analista de sistemas e já tinha uma boa capacidade técnica de desenvolvimento. Ao unir essa capacidade técnica com a necessidade de um bom gerenciador para as minhas finanças, comecei a desenvolver um aplicativo, o qual resolvi chamar de “Gerenciador Financeiro”, a primeira versão do Mobills. Veja como ele era nas figuras abaixo.    

image09 image01

Se você não tem vergonha da primeira versão do seu produto provavelmente você demorou a lançar”

Nossos primeiros usuários

Inicialmente, o desenvolvimento do aplicativo era somente para uso pessoal e para aprendizado de uma nova tecnologia (Android). No entanto, ao mostrar para alguns amigos, percebi que muitos deles tinham interesse em utilizar também. Decidi, então, em julho de 2013, disponibilizar o aplicativo no Google Play.

Após o lançamento, comecei a divulgar para amigos e familiares e assim foram surgindo os primeiros downloads e usuários do app. Surpreendentemente, começaram a chegar os feedbacks, elogios e sugestões, o que me motivou a trabalhar e melhorar cada vez mais o app.   

Do crescimento ao primeiro cliente

Passaram-se alguns meses e o número de novos downloads e feedbacks só crescia. O “Gerenciador Financeiro” começou a demandar um tempo maior, foi necessário envolver outros colaboradores e despender mais horas de trabalho no projeto. Foi aí que fiz o convite ao David (meu irmão) para ajudar no desenvolvimento do aplicativo.

Como o desenvolvimento do app estava exigindo cada vez mais dedicação e um pequeno custo, precisávamos começar a incentivar a compra de novas funcionalidades, mas sem perder a característica de ser um aplicativo gratuito (apenas com funcionalidades extras para os usuários premium).

Logo após lançar a versão com novas funcionalidades pagas, conseguimos as primeiras vendas e nossos primeiros clientes. Somos muito gratos a eles, pois pudemos perceber que tinham pessoas que enxergavam valor na nossa solução e estavam dispostas a investir no projeto. A figura a seguir é da primeira versão com funcionalidades extras para quem comprava o aplicativo.     

image11 image02

A decisão de empreender e se dedicar totalmente ao “Gerenciador Financeiro”

Em dezembro de 2013, o aplicativo ia bem, com muitos downloads e alguns clientes. Com isso, tínhamos o grande desejo de fazer o aplicativo e o projeto crescerem mais rapidamente. Contudo, havia um grande impasse, uma vez que tanto eu como o David trabalhávamos como analista de sistemas em empresas privadas de Fortaleza-CE e não tínhamos tempo suficiente para se dedicar totalmente ao projeto.

Nesse ponto, começamos a nos preparar e a planejar sobre o momento em que nos dedicaríamos totalmente ao projeto. Em janeiro de 2014, David pediu demissão para poder se dedicar e desenvolver a primeira versão do aplicativo web, o que durou de janeiro a abril de 2014. Essa foi uma época de grandes incertezas e sacrifícios, pois tivemos que investir nossas reservas para dar prosseguimento ao nosso sonho.

No final de abril de 2014, lançamos a primeira versão do aplicativo web sincronizado com o aplicativo Android, à qual decidimos chamar de Mobills. A inspiração para o nome foi a mescla das palavras em inglês Mobile (Movél) e Bills (Contas). Daí nasceu o Mobills.   

Estávamos bastante apreensivos sobre como seria a aceitação por parte dos usuários. Nas primeiras semanas, não conseguimos muitos clientes. Entretanto, depois de um mês, mais clientes começaram a aderir aos planos. Eles foram nossos primeiros investidores, os quais fazem parte de toda a história do Mobills. Com esses clientes e um pequeno faturamento mensal, foi a minha vez de tomar a decisão de deixar o emprego e me dedicar integralmente ao Mobills e ao seu crescimento. Logo depois, convidamos o Renan (desenvolvedor web) para se juntar ao projeto. Trabalhamos duro nos primeiros meses em um coworking (modelo de trabalho que se baseia no compartilhamento de espaço e recursos de escritório, reunindo pessoas que trabalham não necessariamente para a mesma empresa ou na mesma área de atuação) de um grande amigo. Veja, a seguir, a foto do nosso primeiro ambiente de trabalho e da primeira versão com sincronização.

image07

Da esquerda para direita: “David (Co-fundador), Carlos (Co-fundador), Renan (Desenvolvedor web)

image10

Primeira versão com sincronização, lançada em abril de 2014

Melhoria no produto e lançamento para iPhone

Em julho de 2014, após os primeiros meses do lançamento da versão web, um número cada vez maior de clientes e usuários perguntavam sobre o aplicativo para iPhone. Percebemos, então, que precisaríamos do aplicativo na loja da AppStore, o mais rápido possível. Mesmo sabendo da grande necessidade, essa não era uma tarefa fácil, já que nenhum de nós tínhamos conhecimentos para desenvolver o app para iOS.

Depois de semanas pensando sobre como resolver essa situação, me veio à mente o Rodrigo (desenvolvedor iPhone). Nós havíamos trabalhado juntos em um projeto. No mesmo instante, liguei para ele marcando um encontro para lhe explicar sobre o Mobills.    

Para resumir a história, depois de 3 meses de conversa, ele decidiu largar o emprego (um ótimo emprego por sinal) para se juntar full-time ao Mobills. Esse, com certeza, foi um dos passos mais importantes para nos tornarmos o que somos hoje.     

Com a chegada desse novo membro na equipe, o projeto começou a caminhar numa velocidade incrível. Passamos a nos dedicar dias, noites e madrugadas para atingir nossas metas e em outubro de 2014 lançamos a primeira versão do Mobills para iPhone, além de alcançar a marca de 5.000 curtidas no Facebook.

image08 image03

Da esquerda para direita: Carlos, David, Renan e Rodrigo

Escritório e aumento da equipe

Lembra que estávamos em um coworking de um amigo?! Pois é, normalmente, quando estávamos trabalhando, surgiam momentos em que precisávamos tomar uma decisão juntos, mas sempre era difícil se reunir para conversar, uma vez que em um ambiente compartilhado é necessário fazer silêncio (para respeitar os outros) e, por isso, muitas vezes não conseguíamos ter uma boa comunicação.

Certo dia, lembrei que eu sempre lia sobre criar um ambiente empresarial estilo Google ou Facebook e pensei “precisamos do nosso lugar agora”. Falei com a equipe e todos concordaram. Assim, fomos procurar nosso escritório e dentro de uma semana já estávamos nos mudando. Começamos, então, a montar o escritório estilo “Mobills”.

image04

Primeira versão do escritório Mobills Labs

image00

Segunda versão do escritório Mobills Labs

Como você viu nas fotos da primeira para segunda versão, já tinhamos um grande avanço (mesas novas)! O escritório ficou ótimo, mesmo ficando sem cortinas por 2 meses. Com o passar do tempo, percebemos claramente que precisávamos de pelo menos mais dois membros na equipe: uma pessoa para ser a designer e outra que ficaria responsável pelo atendimento ao cliente. Dessa forma, encontramos a Géssica (responsável por tudo que é bonito no design do Mobills) e o Lucas, para atendimento ao cliente.

image06

Equipe já com o Lucas e a Géssica

Mobills atualmente e planos futuros

Tudo em uma startup de tecnologia acontece de forma muito dinâmica e requer muito trabalho e dedicação. Porém, não poderíamos estar onde estamos hoje se não fosse por vocês, nossos preciosos clientes que apóiam e acreditam em nosso projeto. 2015 tem sido um ano incrível e cheio de desafios para o Mobills. Não é nada fácil manter um produto em crescimento mesmo em meio à crise econômica.

Ao longo do tempo de existência do Mobills, conseguimos ajudar cada vez mais clientes a economizar e a se organizar financeiramente. Além disso, conseguimos envolver um número maior de colaboradores nesse projeto grandioso. Atualmente, já contamos com 11 pessoas na equipe Mobills e queremos continuar crescendo, pois esse número de colaboradores é pequeno para tantas ideias e novidades que queremos implementar e lançar. Cada um de nós aqui no Mobills, Carlos, David, Rodrigo, Renan, Géssica, Lucas, Yago, Victor, Ely, Rafael e Stefane somos gratos a você que incentivou e investiu em nosso projeto se tornando um cliente Premium, pois isso possibilitou arrecadar os recursos necessários para aprimorar o aplicativo e atingir ótimos resultados de crescimento.

No entanto, o nosso objetivo é seguir melhorando e fazer sempre mais, temos que evoluir e queremos que vocês evoluam com a gente! Estamos lançando novas funcionalidades e desenvolvendo novas ideias a cada dia. Recentemente, lançamos o Mobills para Windows Phone, o que nos tornou o primeiro aplicativo de finanças pessoais disponível para todas as plataformas móveis. Também somos muito gratos por todos os feedbacks positivos e avaliações que recebemos de nossos clientes. Juntando tudo, já são mais de 80 mil avaliações, com uma nota média de 4,5, o que nos levou ao patamar de aplicativo de finanças pessoais mais bem avaliado do Brasil.

image05

Da esquerda para direita: Renan, Ely, Yago, Lucas, Victor, Amanda, Rodrigo, Carlos, David, Géssica.

Considerações finais e lições aprendidas

Para contar toda nossa história com detalhes, seria necessário muito mais páginas, mas como sei que o tempo de vocês é curto, decidi terminar esse post falando sobre algumas lições que aprendi nessa caminhada e espero que essas dicas possam servir de motivação para você em seu trabalho, empresa ou até mesmo em outra startup de tecnologia.   

  • Os clientes são os bens mais valiosos, escute todos os feedbacks e sugestões dos seus clientes;
  • As coisas não acontecem por acaso, é o trabalho duro que traz os verdadeiros resultados;
  • Qualquer caminho que você escolher irá ter desafios e obstáculos, o mais importante é traçar estratégias para superá-los;
  • Nada que realmente importa vem de forma fácil, portanto, esteja pronto para sair da sua zona de conforto.

 

Quer melhorar sua situação financeira? Acesse www.mobills.com.br para conhecer todos os recursos do aplicativo ou se cadastre diretamente clicando aqui.

Quer compartilhar dicas financeiras e ver as dicas de outras pessoas? Utilize o Mobills Social.

Gostou do artigo A história do melhor aplicativo de finanças pessoais do Brasil: Mobills? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários

Sobre o autor

Carlos Terceiro

Carlos Terceiro

Deixe um comentário