LCA: como investir na Letra de Crédito do Agronegócio?

Banner convidando para o site do Mobills

Existem diversos tipos de investimento disponíveis no mercado financeiro. No entanto, é fácil ficar um pouco perdido entre tantas possibilidades. Se você também se sente assim, não se preocupe. Estamos aqui para te ajudar nesta empreitada!

Se você começou a pesquisar sobre investimentos, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre algumas siglas. CDB, LCI, LCA e FGC são alguns exemplos que sempre surgem quando o assunto é aplicar dinheiro.

Entre estas siglas está a LCA, que significa Letra de Crédito do Agronegócio. Continue lendo para entender o que é este investimento, aprender como investir e descobrir quais são suas principais vantagens e desvantagens.

O que é Letra de Crédito do Agronegócio?

De forma bem objetiva, a LCA é um título de renda fixa emitido por algumas instituições financeiras com o intuito de financiar atividades agrícolas.

Quando você faz uma aplicação neste tipo de investimento é como se você emprestasse dinheiro para representantes do agronegócio, através de um banco ou corretora, e recebesse de volta seu capital somado aos juros após o prazo combinado.

Ou seja, você investe com a instituição financeira e este valor é repassado em forma de empréstimo a pessoas ou instituições ligadas ao setor agrícola.

Já parou para pensar nisso? Enquanto você consegue rentabilizar o dinheiro que economizou a partir do seu esforço, você estará ao mesmo tempo ajudando a impulsionar as atividades do agronegócio no Brasil.

Este setor, que alguns também chamam de agrobusiness, vai além da criação de gado e de plantações. Ele também engloba atividades ligadas ao fornecimento de sementes e insumos, equipamentos, beneficiamento de produtos agrícolas, serviços relativos a essas atividades e também ao desenvolvimento da produção agropecuária.

Todas essas atividades têm grande impacto na economia nacional e também em escala internacional, uma vez que o Brasil é um grande produtor e exportador de produtos, como soja e café. Então, fazer parte disso, mesmo que indiretamente, traz resultados positivos não só para você, mas para o país inteiro.

Para entender de forma prática o que é e como funciona a LCA, listei abaixo as principais características deste investimento:

  • É isento de Imposto de Renda e IOF (imposto sobre operação financeira)
  • Sua rentabilidade pode ser pós-fixada ou prefixada
  • É uma aplicação bastante segura, já que tem garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC)
  • O prazo mínimo de investimento é de 90 dias

Tipos de LCA

Como já deu para notar, a Letra de Crédito do Agronegócio tem funcionamento bem parecido com o do CDB. Isso porque o investidor que adquire títulos de LCA aplica seu dinheiro e recebe uma remuneração acrescida de juros em retorno. Em seguida, o banco empresta esse dinheiro a produtores rurais, baseado em direitos de crédito.

Dessa forma, seu dinheiro terá rendimentos uma vez que o banco empresta o capital a um terceiro (no caso, um produtor rural), cobrando uma taxa de juros que será repassada em parte para o investidor de LCA.

Apesar de ser uma modalidade de investimento, a LCA pode ter variações de acordo com o período de aplicação e as taxas de remuneração. De todo modo, você precisa saber um detalhe importante: quanto maior o valor e o prazo da aplicação, maior será seu rendimento.

No que se refere aos tipos de remuneração, existem três possibilidades:

1. Prefixado

Como o próprio nome já indica, este título tem a taxa de remuneração definida no momento da contratação. Ou seja, você já saberá exatamente quanto vai receber de retorno quando o prazo da aplicação acabar.

2. Pós-fixado

Os títulos pós-fixados têm a taxa de juros a ser paga pelo banco vinculada a um indexador da economia. Na maioria das vezes, eles são atrelados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário), mas em alguns casos também podem estar vinculados à taxa Selic.

3. Híbrido

Nesse caso, uma parte da taxa paga pelo banco ao investidor vai variar de acordo com um indexador da economia (como no pós-fixado) e outra parte dos juros será predeterminada na contratação (assim como no prefixado).

Esse tipo de LCA é um um pouco mais incomum e costuma demandar um prazo de carência maior. A carência, para quem ainda não sabe, é um prazo exigido por alguns investimentos em que o investidor não deve resgatar o valor até a data determinada no contrato.

Por isso mesmo, é muito importante refletir sobre todos os termos de uma aplicação antes de decidir qual delas é melhor para você. Já pensou em investir em uma LCA com carência de três anos, por exemplo, e precisar do dinheiro antes disso?

Você vai precisar buscar outra forma de resolver sua situação, já que você terá certa dificuldade em resgatar o capital aplicado na LCA antes do fim da carência.

No caso da Letra de Crédito do Agronegócio, o prazo mínimo de carência é de 90 dias. Ou seja, durante três meses você não deverá realizar o resgate do dinheiro.

Dessa forma, pense bem qual é o objetivo do seu investimento para não alocar seu dinheiro em uma aplicação que não se encaixa em suas expectativas. Esse conselho vale para a LCA e também para qualquer tipo de investimento, como o Tesouro Direto e ações, por exemplo.

Investir em LCA é seguro?

Essa é uma pergunta que surge com bastante frequência. Quando o assunto é dinheiro, o medo de perder tudo é muito forte. Por isso mesmo, é muito importante saber quais são os riscos ligados a um tipo de investimento.

No que diz respeito à LCA, o risco que muita gente tem é caso o banco em que se fez a aplicação decretar falência. Ver seu dinheiro sumindo de um dia para o outro seria um pesadelo, não é? Mas com a Letra de Crédito do Agronegócio, isso não vai ocorrer.

Vou explicar por que: mesmo que o banco do seu investimento quebre de repente, seu dinheiro está seguro. O Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que citei lá em cima neste artigo, assegura até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição.

Portanto, a LCA é um investimento bastante seguro que possui rentabilidade maior que a poupança e, às vezes, também chega a superar os retornos do CDB.

Vantagens e desvantagens da LCA

Já deu para perceber que essa modalidade é bem interessante, não é? Mas nem tudo no mundo dos investimentos são só flores. É muito importante colocar na balança os prós e contras de uma aplicação.

Para te ajudar nessa tarefa, eu reuni as principais vantagens e desvantagens da Letra de Crédito do Agronegócio. Veja só:

Principais vantagens

  • É isenta de Imposto de Renda
  • É muito segura pois tem a garantia do FGC
  • Possui rendimento superior ao da caderneta de poupança
  • Tem impactos positivos na evolução do setor agropecuário

Principais desvantagens

  • O valor mínimo para aplicar costuma ser superior ao de outros investimentos
  • O prazo mínimo de investimento exigido é de 90 dias
  • Em comparação à LCI (Letra de Crédito Imobiliário), o rendimento da LCA pode ser um pouco menor
  • Não pode ser utilizado como margem de garantia para investir em ações

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a LCA, ficou mais fácil descobrir se esse investimento se encaixa nos seus objetivos financeiros. Que tal começar a planejar seu futuro e construir um plano de investimentos ideal para você?

*****

Leia mais:

Você só precisa de um pouco de atitude para começar a investir

Onde investir 10 mil reais e aumentar seu patrimônio

Onde investir com a queda da taxa Selic?

Veja onde investir 5 mil reais e ter uma boa rentabilidade

Boas opções para você que quer saber onde investir 1.000 reais

*****

Curtiu entender o que é e como funciona a LCA? Investe nesta modalidade? Vai começar a investir? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo LCA: como investir na Letra de Crédito do Agronegócio? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários