Finanças Pessoais

25 formas simples de ganhar um dinheiro extra

Palavra "money" em peças simbolizando o tema ganhar um dinheiro extra
Victor Leitão
Escrito por Victor Leitão

As opções são bem variadas e, com certeza, pelo menos uma delas vai ser útil para você.

25 formas simples de ganhar um dinheiro extra

Banner convidando para o site do Mobills

Ganhar um dinheiro extra é sempre uma ótima opção para melhorar sua situação financeira, principalmente em um momento econômico instável como o que o país se encontra, onde mesmo com uma inflação sob controle e com a queda da taxa de juros, há um número bastante elevado de inadimplentes e desempregados, o que gera uma redução no poder de compra dos consumidores.

Nessa situação de aperto no orçamento, você deve tomar duas atitudes principais: procurar reduzir os gastos e buscar alternativas para aumentar os rendimentos. Nem sempre é fácil cortar determinados gastos, mas existem algumas formas simples de ganhar um dinheiro extra. Veja 25 exemplos de atividades que podem lhe garantir um dinheiro a mais no fim do mês.

25 formas simples de ganhar um dinheiro extra

 

1) Loque ou subloque seu imóvel

Alugar um imóvel ou parte dele ficou ainda mais fácil com a criação do site Airbnb, já que basta ter um local na sua casa propício para hospedar alguém, até um sofá serve.

As diárias tem preço mínimo de R$ 36,00 e podem ser uma boa opção para renda extra, mesmo que você não possua um quarto específico ou um imóvel todo para locar.

Para que você tenha uma noção, a diária em São Paulo é em média R$ 207,00. Assim, ao hospedar alguém por 7 dias a renda bruta auferida seria de R$ 1.449,00, não incluídas as despesas com energia, limpeza e alimentação.

Se interessou? Então acesse e saiba mais: https://www.airbnb.com.br/

2) Alugue seu carro

Você sabia que é possível alugar seu carro para terceiros? Por meio de sites como o Pegcar você pode disponibilizar seu carro para ser alugado e auferir uma renda extra com isso.

O cadastro é feito de forma rápida com informações sobre o veículo e o dono. No entanto, há alguns requisitos pedidos para que você possa alugar carro, tais como: ano modelo do carro a partir de 2007, ter menos de 100 mil km rodados, carro com seguro compreensivo (100% da tabela Fipe em casos de colisão, incêndio, roubo e furto) e até 90 mil reais de valor de mercado.

Pronto, seu carro atende os requisitos e você realizou o cadastro? Agora é só aguardar as solicitações, as quais são enviadas por e-mail com as informações da reserva e o perfil do condutor. Você pode aceitar ou rejeitar qualquer solicitação.

No próprio site, você consegue simular quanto ganharia pelo aluguel. Em um exemplo, se o seu carro tem valor de mercado de R$ 40 mil e você pode alugá-lo durante 3 dias no mês, conseguirá uma renda extra de 300 reais.

3) Dê carona

Se faz parte da sua rotina percorrer distâncias médias e longas, por exemplo, caso você estude e trabalhe em uma cidade e more em outra, um site chamado BlaBlaCar pode te ajudar a minimizar esse custo ou, até, ganhar um dinheiro extra no final do mês.

Esse site de caronas faz a ponte entre pessoas que precisam de carona e aquelas que podem oferecê-la. E funciona da seguinte maneira, quem oferece a carona informa o itinerário, a hora e a data da viagem e coloca o valor cobrado por passageiro. Já o passageiro faz sua reserva, que será aprovada pelo site, e faz o pagamento ao proprietário do carro.

4) Entregue encomendas de viagem

Você pode cobrar não só para transportar pessoas, como também para transportar coisas.

Sites como o Stuff in Bag, são ferramentas para que pessoas façam encomendas a outras que irão viajar para determinados locais.  

Os valores variam de acordo com a quantidade, peso do produto e distância da viagem. O site cobra 7% de taxa de intermediação sobre cada transação.

5) Alugue objetos

É uma boa opção tanto pra quem tem itens que não são de uso diário, como para pessoas que precisam destes esporadicamente. Muitas plataformas buscam juntar esses dois perfis e disponibilizam o aluguel de objetos como: câmeras fotográficas, roupas, eletrônicos, entre outros.

Em sites como o Alooga, pode-se alugar tudo que sua imaginação for capaz de idealizar. Os valores são definidos pelos locadores, um exemplo, é o aluguel de um controle de Xbox que custa R$ 7,00, enquanto que o aluguel de máquinas fotográficas profissionais custa em média R$ 160,00 por dia.

A taxa cobrada pelo site é de 15% sobre o valor da transação mais R$ 0,30 por cada uma delas.

Existem outros sites como o Rent for All, porém, só o primeiro anúncio do site é livre de custos, depois o usuário deve pagar para disponibilizar seus itens.

Há, ainda, sites específicos para alguns itens. É o caso do Spinlister no qual é possível anunciar bicicletas, equipamento para surf e esqui para aluguel. O site cobra uma taxa de 17,5% sobre o valor da locação e em caso de roubo ou danos, garante o reembolso.

Você acha que possui itens que interessem aos outros? Deseja alugá-los? Pesquise mais sobre esses sites e garanta uma renda extra no seu orçamento. Dependendo do objeto, você pode até pagá-lo com os valores dos aluguéis.

6. Venda objetos que não utiliza mais

Vender objetos pela internet é uma boa alternativa para fazer um dinheiro extra. Sempre é possível encontrar uma roupa, um eletrodoméstico ou um móvel em bom estado estado de conservação, mas que você já não utiliza há algum tempo, seja porque comprou um produto mais moderno ou porque perdeu a serventia para você.

No caso específico de roupas ou acessórios, o site Enjoei poderá ajudar a fechar a venda. Basta que você faça um cadastro e envie até 8 fotos do produto, além de uma descrição.

Se a venda for concretizada, você paga uma pequena comissão para o site e uma taxa de R$ 2,15 pelo anúncio. O que sobrar vai para a sua conta. Por outro lado, se ninguém se interessar pela sua oferta, você não gasta nada por isso.

Para outros objetos, você pode criar uma página no Facebook para divulgar ou ainda se utilizar de sites especializados em anúncios como a OLX.

7) Jogue como goleiro

Uma startup chamada Goleiro de Aluguel percebeu a dificuldade de se achar goleiros para peladas, então, decidiu criar uma forma de conectar esse jogadores com os times que precisavam deles.

O Goleiro de Aluguel recebe 60% do valor por cada partida jogada, por exemplo, partidas de 60 minutos o goleiro recebe R$ 18,00, nas de 90 minutos o goleiro recebe R$27,00 e nas de 120 minutos o goleiro recebe R$ 36,00.

O valor pode não ser alto, mas pense pelo lado positivo, geralmente você paga para jogar. Jogando dessa maneira, além de não ter que dividir os custos do campo, ainda estará ganhando uma graninha.

Se você se interessou, basta se cadastrar no site ou através do aplicativo.

8) Hospede um cachorro

Um dos sites que fazem a conexão entres os donos dos pets e seus anfitriões é o Dog Hero.

Para ser aceito pelo site o anfitrião deve concordar em ter um canal direto de contato com o dono durante todo o período da hospedagem e precisa se comprometer a seguir a rotina de alimentação e passeio do animal.

A taxa cobrada é de 25% do valor da hospedagem. Os valores cobrados nas diárias variam, mas as mais baixas ficam em torno de R$ 40,00.

Outro site no mesmo ramo é o Pet Anjo.

Em ambos os sites é possível fazer a classificação dos prestadores de serviço, aumentando a confiabilidade e a facilidade de conseguir novos clientes.

9) Alugue sua garagem

Outra maneira de usar os espaços ociosos de sua residência é alugando vagas de garagem. Você pode fazer isso com vizinhos e amigos que moram próximo, mas existem ferramentas que aumentam o raio de abrangência de seu negócio. Uma delas é o ezPark.

O site oferece seguro e avaliações dos locadores e locatários, oferecendo maior segurança nas transações. A taxa cobrada pela intermediação varia de 10 a 30% do valor do aluguel.

Uma outra ferramenta é o app ParkingAki, parte do mesmo princípio do anterior e cobra 10% do valor da diária a título de taxa administrativa. Essa opção vem sendo usada também em grandes eventos, como shows e jogos de futebol.

Assim, se você mora nas redondezas de uma grande casa de shows, ou de um estádio, ou qualquer ponto turístico em que se tem alta circulação de pessoas e pouca disponibilidade de vagas, aproveite e garanta mais uma fonte de renda no seu orçamento.

10) Faça vários tipos de trabalho

O site Freelancer permite que usuários exponham seus currículos e se candidatem às mais diferentes vagas.

O site apresenta dois tipos de trabalho: os projetos de preço fixo, nos quais é cobrada uma taxa de 10% ou 5 dólares canadenses, o que for maior, e os projetos por hora, no qual é cobrada uma taxa de 10% sobre cada remuneração recebida.

Os tipos de trabalho e os valores são bem variados, mas as remunerações são boas, se você tem habilidades que não usa é uma boa oportunidade de treiná-las e lucrar com elas.

11) Teste aplicativos e sites

Ao contrário do que você deve estar pensando, não é necessário ser programador ou ter conhecimentos profundos de tecnologia para realizar esse trabalho.

O site TestaIsso, reúne pessoas que estejam dispostas a usar aplicativos e sites e descobrir os principais empecilhos para que os consumidores realizem compras em seus sites.

Os interessados devem apenas contar com alguns requisitos e equipamentos: computador, banda larga, mais de 16 anos, possuir equipamentos para gravar a tela do computador e gravar comentários de voz.

É feito um teste para comprovar as habilidades de testador do candidato e, após isso, ele recebe as demandas por e-mail, recebendo R$ 20,00 por teste realizado.

12) Seja um guia turístico

Se você é uma pessoa comunicativa e conhece bem sua cidade, pode trabalhar sendo guia turístico nas horas vagas.

Para conectar as pessoas interessadas em oferecer e contratar esse serviço o site Rent a Local Friend, disponibiliza um cadastro, que dará origem a um perfil, no qual constará informações como as línguas faladas pelos guias e os interesses que pretendem atender, por exemplo, gastronômicos, culturais ou comerciais.

Os detalhes dos passeios são tratados entre os interessados e a taxa que o site cobra sobre o preço final acertado entre as parte é de 30%.

13) Cozinhe para um turista

Mais uma oportunidade para ganhar uma renda extra com o turismo. Através do site Meal Sharing é possível receber turistas de todo o mundo para uma refeição em sua casa. O cardápio e os valores são decididos pelos donos da casa.

Ao navegar pelo site encontram-se preços que variam de dois dólares até 35 dólares, dependendo do número de pratos e da sofisticação oferecida.

14) Faça playlists sob encomenda

Para os amantes da música, temos uma boa notícia, seu hobby não precisa ser apenas um conhecimento ou um talento só seu, você pode lucrar com ele!

Inicialmente, proponha a amigos e parentes próximos a composição de playlists para seus eventos, por preços de R$ 30,00 a R$ 50,00. Quando seus serviços começarem a ser requisitados com mais frequência, você pode elevar os valores.

15) Venda produtos feitos com suas próprias mãos

Se você possui habilidades culinárias, poderá aproveitar para fazer desse talento uma fonte de renda extra. Aquele bolo delicioso, salgadinhos, docinhos ou cupcakes podem ser boas opções.

Se caprichar na qualidade dos ingredientes, na embalagem e colocar um preço acessível, você certamente conquistará muitos clientes rapidamente.  

Outra opção é usar suas habilidades manuais para confecção de bijuterias, bolsas, lembranças de maternidade e de aniversário.

Ou ainda, investir no mercado de festas que vem absorvendo cada vez mais produtos manuais, até por isso, confeccionar brindes também é uma ótima opção.  

Para aumentar seu raio de atuação, além das ferramentas como redes sociais e grupos de vendas no Facebook, você pode anunciar em sites como Olx e Elo7

16) Coaching (Treinamentos)

Em épocas de crise, buscar novas habilidades é comum. Se você tem conhecimentos específicos em uma determinada área e pode treinar pessoas que tenham interesse em entrar nesse ramo, use-a a seu favor.

Dependendo do seu desempenho, essa renda extra pode até vir a ser sua fonte principal de renda.

17. Tirar fotos

Muitas pessoas nem imaginam que essa atividade tão comum no dia a dia pode trazer algum retorno financeiro.

Se você tem conhecimentos de fotografia, pode começar vendendo fotos para bancos de imagens ao redor do mundo ou registrando eventos, como casamentos de amigos e conhecidos ou aniversários de graça para criar um portfólio. Dessa maneira, você poderá conseguir novos clientes. 

18. Criar um blog

Se você tem facilidade para escrever sobre determinado assunto do qual gosta muito, como música, cinema, futebol, viagens ou decoração etc., crie um blog e tente atualizá-lo semanalmente.

Uma dica importante é focar na divulgação, comece compartilhando os posts nas redes sociais com amigos e conhecidos. Tente interagir com outros blogueiros e portais para aumentar o número de acessos.

Quando já tiver um bom público, pense em vender anúncios. Existem várias empresas que podem ajudar a trazer anúncios para seu blog.

19. Customizar roupas para vender

Camisetas cheias de estilo e personalizadas poderão chamar a atenção de muita gente. Você tem um custo com as peças básicas, mas vende um produto customizado e com preço maior.

Existem diversas técnicas: aplicar brilho e lantejoula, recortar, tingir o tecido entre outras. Depende da sua imaginação.

Algumas postagens em blogs de moda e vídeos no YouTube ensinam estas técnicas. Você só precisa pesquisar qual estilo quer produzir e selecionar as técnicas com o menor custo de produção. Ofereça seu serviço nas redes sociais e comece a conquistar os clientes para seu negócio. 

20. Dar aulas

Sempre há alguém que precisa aprimorar os conhecimentos ou aprender algo específico. Portanto, se você estuda muito e tem facilidade com alguma disciplina, é fluente em determinado idioma ou sabe tocar violão, por exemplo, divulgue e comece a dar aulas pessoalmente ou online, dependendo do seu tempo disponível.

A facilidade da internet é que com apenas uma webcam é possível conseguir alunos em qualquer parte do mundo. Se for dar aulas pessoalmente, reserve um espaço propício na sua casa ou se ofereça para ir até à casa do interessado.

21. Revender cosméticos

Diversas empresas na área de beleza trabalham com revendedores. No início, você poderia vender os produtos por encomenda e, quando já tiver uma carteira de clientes bem definida, criar estoques dos itens mais vendidos ou mesmo um ponto de venda à pronta-entrega. 

22. Vender as milhas do cartão de crédito

Se você possui cartão de crédito e já acumulou milhagem, mas não pretende trocá-las por nenhum benefício, venda as milhas para quem precisa de passagem aérea. 

Você poderá vender suas milhas em sites especializados nesse mercado como a Maxmilhas ou na própria empresa aérea.

23. Animar festas

As empresas que organizam festas infantis sempre buscam animadores que são responsáveis por divertir as crianças. Você pode explorar esse mercado. 

Procure aprender atividades diferentes para trazer um diferencial ao seu trabalho. Cursos gratuitos de escultura em balões e truques de mágica estão disponíveis na internet. O site Aprendi traz explicações para você conseguir montar esculturas em balões, por exemplo. 

24. Usar seu carro para divulgar marcas

Não é incomum ver veículos cobertos com logo de empresas. Se você não sabe, o dono do carro está recebendo dinheiro por isso. Aproveitar essa chance para ganhar uma grana extra.

Ao se cadastrar no site da Momidia, empresas entram em contato e informam em qual campanha você entrou. Então, basta ir até o local indicado e instalar a arte no veículo. 

O carro permanece personalizado por um período definido, em que você deve realizar o seu trajeto normalmente. Ao término da campanha, o adesivo é retirado e eles realizam o depósito.

25. Transportar passageiros e cargas

Uma forma bem difundida de renda extra provém de aplicativos como o “Uber” ou “YetGo”, este último trabalha com mais possibilidades de locomoção, por exemplo, as motos. Então, se você tem uma moto e deseja prestar esse serviço, transporte de passageiros, eis uma oportunidade.

Para os motoqueiros existem também muitas oportunidades para trabalhar com entregas nos horários livres, pizzarias e restaurantes constantemente estão necessitando desses profissionais. 

Esses são alguns aplicativos úteis para quem deseja trabalhar com entregas, podendo ser realizadas de carro, moto e até bicicleta em alguns casos: Loggi, Pronto Rush, Vaimoto, EasyDeliver, Eu Entrego e UberEats.

Vale a pena conferir as propostas de cada um desses apps!

Com todas essas oportunidades listadas, com certeza, alguma delas deve se encaixar no seu perfil, agarre-a e aumente seus ganhos mensais.

*****

LEIA TAMBÉM:

Conheça 4 aplicativos para ganhar dinheiro extra sem sair de casa

Como obter uma renda extra sem dificuldades

Como conseguir renda extra desapegando das suas coisas

*****

Curtiu conhecer essas 25 formas simples de ganhar um dinheiro extra? Sabe de alguma outra? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo 25 formas simples de ganhar um dinheiro extra? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários

Sobre o autor

Victor Leitão

Victor Leitão

Victor Leitão, coordenador de marketing e especialista em finanças pessoais do Mobills, além de ser o editor-chefe do Portal Mobills. Formado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará - UFC e técnico em informática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE. Pesquisador incansável dos temas educação financeira e finanças pessoais. Principais hobbies: assistir filmes/séries, jogar futebol/Dota 2 e viajar.

Deixe um comentário