Finanças para casais: aprenda como conversar e resolver qualquer crise financeira no casamento!

Há vários fatores que causam preocupação aos casais hoje em dia, tais como: crise financeira, desemprego, baixos salários e muitos outros problemas econômicos.

No entanto, o fato de estar com as finanças ruins, não é motivo para que você deixe que seu casamento se arruíne.

Embora possa não parecer tão fácil falar de dinheiro em um relacionamento de casal, se você não conversar sobre isso com seu cônjuge, poderá afetar seriamente suas finanças e seu casamento.

As conversas sobre as finanças do casal devem ser bem honestas em relação à situação monetária da família e suas preocupações com o futuro, aquilo que vocês desejam alcançar no tempo em que estiverem juntos.

Porém, claro que isso não será nada eficiente se ocorrer uma briga em cada conversa que tiverem sobre o tema.

Os casais têm que ter um projeto de vida juntos e os dois devem estar em sintonia para poder alcançar cada meta

Entender o que vocês querem alcançar em termos particulares e em conjunto é o que vai pautar os objetivos do relacionamento.

Sabendo que diversos casais têm dificuldades quando o assunto é finanças, elaboramos algumas dicas que vão te ajudar a aprender como falar de finanças com seu parceiro(a).

Confira o texto até o fim e veja esses excelentes conselhos para casais.

Finanças para casais: alguns conselhos fundamentais!

Conversando sobre finanças com seu parceiro(a)

O ponto principal é estabelecer e manter sempre em mente o objetivo a ser alcançado durante a conversa.

Por exemplo: se você inicia a conversa falando sobre o planejamento para as férias, não se dirija a outras questões como pontos ruins que vocês passaram nas férias passadas por culpa da sua sogra.

Mudar o assunto principal é o mesmo que colaborar para o fracasso daquela tentativa de ter uma ótima conversa sobre finanças.

Determine o dia, a hora e o local.

Basicamente se prepare como se estivesse organizando uma reunião. Não discuta sobre cartões de crédito e cheque especial sem declarações para provar isso.

Tente ter uma conversa agradável  e mostre evidências.

Evite interrupções, isso demonstra respeito para com os parceiros e a importância da questão para ambos.

Planejem algumas regras para a conversa, por exemplo:

Sair um pouco para respirar caso as emoções e o nervosismo tomem de conta da situação, pois é melhor ter uma pausa e prosseguir, em seguida, de maneira mais relaxada do que acabar uma reunião com um problema ainda maior.


Quer aprender como juntar dinheiro rápido, fácil e até mesmo ganhando pouco? Veja 15 dicas indispensáveis!


Foque em vencer

Em um relacionamento de casal, as discussões sobre as finanças devem ter o foco em seus objetivos. Lembrem-se que vocês se amam e que devem ter metas conjuntas. 

Ter um ponto a seu favor é mais importante do que a pessoa que você ama? Reflita sobre isso.

Não tenha medo de dividir as responsabilidades, porque pode ser a melhor opção para compreender o outro.

Se você paga as contas em dia e o seu cônjuge tem dificuldade em fazer isso, pense em trocar essa tarefa.

O objetivo principal nesse caso é evitar os atrasos e pagamentos de juros, o que é benéfico para as finanças do casal.

Ademais, concentre-se no tema finanças sempre olhando para o futuro, evite trazer mágoas passadas que estejam pendentes. 

Misturar rancores do passado ou queixas sobre finanças tende a ser péssimo para qualquer relacionamento. 

Pode até ser difícil separar os seus problemas, mas com prática e paciência você vai conseguir.


Juros compostos: entenda melhor esse conceito que pode mudar sua vida financeira


Compreensão e respeito são essenciais

Tente compreender e respeitar o ponto de vista do seu parceiro, mesmo que você não concorde com ele. 

Ainda que não aceite, por exemplo, a filiação a um clube de futebol ou aquele kit de maquiagem que você considera muito caro, não confronte o outro diretamente, tentando impedi-lo de realizar a ação.

Apresente as suas razões e mostre que vocês podem fazer uma boa economia ao invés de ter essas despesas “supérfluas”. 

É muito importante escutar cada questão citada pelo seu parceiro e não selecionar apenas os pontos que lhe interessa.

Além disso, repita tudo o que você ouvir para ter certeza que é o que significa para o seu parceiro.

Como observado, estes pontos não servem apenas para discutir finanças com o seu cônjuge, mas na verdade são excelentes ferramentas de comunicação que podem fortalecer muito o seu relacionamento.

Como todas as habilidades, compreensão e respeito precisam de algum tempo para serem dominadas, mas vale a pena tentar, pois você terá muito sucesso em suas conversas de casal!

Encontre soluções, e não um culpado

Se você quer eliminar os problemas financeiros e melhorar o seu relacionamento, precisa assumir a responsabilidade por sua situação.

Recomenda-se observar a sua situação financeira objetivamente, encontrar o seu papel nas finanças do casal e propor soluções para a melhoria financeira.


25 formas simples de ganhar um dinheiro extra


Tenha compromisso com suas reuniões

Uma vez que vocês tomem a decisão de dar determinado passo, é fundamental elaborar o planejamento para ter conversas sobre as finanças com regularidade. 

Fazer reuniões pelo menos uma vez ao mês em um lugar onde nada os distraia nem tire o foco da conversa.

Ademais, não comece sua conversa falando sobre os problemas de dinheiro, porque é muito importante falar desse ponto somente quando os dois estejam bem relaxados e dispostos a escutar um ao outro.

Cada vez que vocês desconsideram os problemas monetários, cada vez que vocês falam que vão economizar e não economizam, acabam se convertendo em pessoas de pouca confiança.

Lembrem-se que o que vale é a atitude e não somente as palavras.

Outros conselhos para casais: A estrutura das conversas

A estrutura das conversas sobre as finanças deve seguir o mesmo padrão em cada conversa que vocês planejarem.

É bem interessante que se utilize uma agenda e anote os principais pontos discutidos durante a reunião como problemas pendentes para resolver, metas e as soluções encontradas para cada problema.

Essas notas vão ajudar vocês a fazerem uma análise dos problemas com maior profundidade e descobrirem novas maneiras de trabalhar juntos para alcançar a vida que esperam como um casal.

Se as reuniões são realizadas com uma boa estrutura e em um ambiente de respeito mútuo, vocês irão ficar satisfeitos e empenhados em melhorar a sua situação financeira.

Do mesmo modo, evite citar problemas sobre o dinheiro a qualquer momento do dia, espere pela reunião e procure encontrar uma solução em conjunto.


33 coisas fáceis de fazer para vender e ganhar dinheiro


Trabalhem para o futuro

Assim que começarem a solucionar seus problemas financeiros, mantenham o foco em concentrar-se para alcançar os seus sonhos e a desfrutar a vida que vocês sempre imaginaram.

Com as reuniões sobre suas finanças, também podem se concentrar em um planejamento para o futuro.

Uma vez que souberem o que querem, podem desenvolver um plano que vai ajudar a alcançar suas metas e objetivos financeiros.

Temas fundamentais para as finanças do casal

Objetivos: é o que vocês desejam ter e o porquê vocês estão trabalhando arduamente.

Estilo de vida: desejam trabalhar sempre os dois ou somente um, conversem sobre quando, por que e como vão fazer suas atividades. Nesta parte, a questão dos filhos também torna-se relevante.

Despesas: devem levar em consideração como vão gastar o dinheiro em casa, quem pagará as contas e com quanto cada um vai contribuir.

Poupança: Quanto vão economizar, quanto vai ser a contribuição de cada um e quem vai ser o responsável pela administração das contas.

Investimento: Investir é a principal maneira de maximizar o seu dinheiro. Sendo assim, falar sobre onde vocês querem investir, quanto vão destinar para esse fim todos os meses, se pretendem abrir um negócio também é importantíssimo.

Conclusão

Muitos casais terminam seus relacionamentos por problemas financeiros, mas principalmente por falta de conversa e por não procurarem solucionar suas dificuldades de maneira conjunta.

Contudo, você com certeza não precisa fazer parte dessas estatísticas.

Se ainda não é acostumado a falar de finanças com o seu cônjuge, aproveite nossos conselhos para mudar suas atitudes e contribua para a continuidade e felicidade do seu casamento.

Uma última dica muito importante é que, se vocês quiserem simplificar e tornar mais eficiente o processo de acompanhamento das finanças, ambos devem utilizar um aplicativo de controle financeiro, como o Mobills.

Então é isso, espero que você tenha gostado dos nossos conselhos para casais!

É casado(a) e tem alguma outra dica interessante que funciona no seu casamento? Vai casar em breve e tem alguma outra dúvida sobre o assunto?

Compartilhe conosco nos comentários e contribua para a discussão sobre o tema!


LEIA TAMBÉM:

Gestão financeira do casal: obstáculos a serem superados rumo ao sucesso


Banner convidando para o Mobills