Estresse, aprenda como lidar com ele
Por favor, avalie esse Post

Estresse, aprenda como lidar com ele

Banner convidando para o site do Mobills

A vida moderna tem exigido bastante de nós humanos e infelizmente, em algum momento de nossas vidas, eventualmente temos de lidar com o fantasma do estresse.

Isto pode acontecer no trabalho, na vida doméstica, pessoal ou para quem está enfrentando os desafios de montar um negócio.

A palavra “estressado” ganhou teores de bordão nacional. Mas o que muita gente não sabe é que se o Estresse (sim, com “E” maiúsculo) não for detectado e tratado a tempo, pode virar uma bola de neve.

O estresse é algo complexo e que deve ser entendido, administrado e controlado. Assim, é possível se ter uma vida mais produtiva, harmoniosa e exitosa.

Isto pode ser obtido a partir da tomada de algumas decisões simples, mas que podem ter um impacto absurdamente relevante em nossa qualidade de vida.

Dicas para lidar com o estresse

 

Aprenda a priorizar: importante x não urgente

É comum notar que algumas pessoas têm uma lista de tarefas já definidas em suas mentes. No entanto, muitas destas listas são construídas como um reflexo da rotina e não são pensadas de forma deliberada.

O problema acontece quando, no trabalho, por exemplo, todos os itens da lista parecem ser importantes.

Neste âmbito, uma ferramenta essencial para se compreender e aprender a administrar o estresse relacionado à nossa rotina é separar o que é importante do não urgente.

É simples, você pode dividir e priorizar as suas tarefas pelo impacto causado por elas, pelo tempo que demorará a ser realizada ou por sua prioridade de acordo com o contexto.  

Confuso? Você pode utilizar os 2 critérios a seguir:

Urgência: A tarefa precisa ser realizada imediatamente (ex.: atender o telefone)? Há consequências se a tarefa for ignorada (ex.: a quantidade de vendas diminuirá)?

Importância: Essa tarefa é considerada importante no médio e longo prazo seja no pessoal ou no profissional (ex.: treinar a equipe de vendas)?

Sempre que se sentir encurralado por suas tarefas, pegue uma folha de papel em branco, desenhe um eixo de quadrantes semelhante ao da figura abaixo e separe suas tarefas dentro deles.

Imagem: Unimed

Às vezes é preciso dizer “não

Uma das coisas mais difíceis relacionadas à produtividade é a capacidade do indivíduo saber dizer “não” a tarefas, coisas e pessoas. Lembre-se que um “não” nem sempre é definitivo. Ele pode significar apenas um “ainda não” para algo mais importante naquele determinado momento e contexto.

Ser uma pessoa que diz “sim” a tudo e a todos pode até significar reconhecimentos do tipo: “Nossa, como ele(a) é prestativo(a)” ou “Caramba, fulano ajuda mesmo!”. Mas cuidado! Preste atenção se você não está fazendo mais o trabalho dos outros que o seu. Ou ainda, perceba se não está vivendo mais a vida dos outros que a sua própria.

Na dúvida, utilize o esquema citado acima e priorize suas tarefas. Quando um parente ou colega de trabalho pedir ajuda, ao invés de um não, diga “ainda não”. Ao terminar suas prioridades, você pode reservar um tempo para ajudar ao seu próximo.

Para fazer um teste do quanto de seu tempo é gasto “com as tarefas dos outros”, passe apenas um dia ou um turno do dia negando qualquer tipo de “ajudinha”. Anote tudo e analise os resultados. Se quiser, conte sua experiência pra gente nos comentários.

COMO PRIORIZAR E ECONOMIZAR PARA DIFERENTES OBJETIVOS

Faça exercícios, melhore sua saúde

Atividades físicas podem trazer benefícios muito maiores do que apenas o emagrecimento e um corpo sarado. Bem-estar é a coisa mais importante!

O exercício físico é capaz de liberar endorfinas essenciais. As endorfinas fornecem uma sensação incrível de prazer após uma sessão de exercícios. Mas também ajudam a aliviar a tensão e melhorar bastante a qualidade do sono.

Exercícios ou qualquer atividade física como subir escadas ou caminhar devem fazer parte constante de sua rotina. Isto ajudará você a manter a circulação do sangue em dia (excelente para quem trabalha sentado), a relaxar sua mente e a manter os hábitos com disciplina e perseverança.

Desligue-se. É difícil, mas possível

Há um termo novo sendo criado. Este termo é denominado de “checadores constantes”. São aquelas pessoas que constantemente checam seus status em redes sociais, e-mails, entre outras notificações.

O nível de alerta e de estresse provocado por este tipo de atividade já chamou a atenção da Associação Americana de Psicologia. Segundo a pesquisa dos psicólogos da instituição, 43% dos americanos checam suas redes sociais e e-mail de forma obsessiva.

Então, sempre que você estiver se sentindo encurralado ou esgotado, desligue-se!

  • Desative as notificações de seu smartphone
  • Desligue os alarmes no fim de semana ou em viagens
  • Utilize a caixa postal de seu celular ou ponha filtros para certos contatos
  • Use extensões em seu navegador como a StayFocusd do Chrome para bloquear as redes sociais.

Aprenda a delegar, inclusive para os robôs

Às vezes nos acostumamos tanto a fazer as coisas de nosso jeito que não adianta, não abrimos mão. Mesmo que isto esteja sendo um peso para os ombros. Isto acontece com você?

Muitos precisam entender que abrir mão de algumas tarefas não essenciais pode significar um ganho de tempo bastante precioso.

Você pode trocar este tempo por um pouco mais de descanso, passeios, família, educação, entre outras coisas. Veja nos exemplos tarefas que podem ser delegadas para robôs e pessoas:

Exemplo 1: que tal tentar automatizar aquela planilha com informações que você confere todos os dias?

Exemplo 2: se você é mãe, profissional e ainda cuida da casa, que tal adquirir uma lavadora de louças?

Exemplo 3: que tal contratar um estagiário para lhe ajudar com as tarefas repetitivas?

Exemplo 4: contrate pessoas a partir de ferramentas online como a StarOfService para fazer os serviços por você.

Lembre-se, é preciso um pouco de paciência para delegar até que as pessoas aprendam a fazer as tarefas do jeito que você deseja, porém, você será recompensado no longo prazo. Já com os robôs, basta apertar o botão.

Aprenda a se compreender

Muito do que se fazer em relação ao estresse em termos de tratamento ou prevenção depende da maneira como você se sente física e mentalmente.

Por isso, aprenda a sentir os momentos em que seu corpo e mente pedem descanso e os respeite. Eles fazem parte de sua identidade. Ter uma vida saudável fará com que você seja ainda mais produtivo e capaz de viver uma vida mais prazerosa.

*****

LEIA TAMBÉM:

Como manter o foco, fazer o que é necessário e ter sucesso

7 hacks que vão te ajudar a guardar dinheiro e a desenvolver sua inteligência financeira

Descubra 12 hábitos dos milionários que, se praticados, irão mudar sua vida

*****

Curtiu as dicas para aprender a lidar com o estresse? Conhece alguma outra? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Estresse, aprenda como lidar com ele? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários