5 dicas práticas para economizar nas contas de celular

Atualmente, a importância de se economizar na conta de celular é crescente: já não usamos o smartphone apenas para fazer ligações ou enviar mensagens SMS de vez em quando.

Também acessamos a internet diariamente, interagimos nas redes sociais, baixamos aplicativos, enviamos e-mails…

Para que você possa continuar desfrutando de tudo isso, sem reduzir drasticamente o uso ou gastar mais que o necessário, separamos aqui 5 dicas.

Quem sabe com elas você não consegue aproveitar o seu dinheiro de outras maneiras, por exemplo, planejando uma viagem?

Quer saber mais? Continue lendo!

Como economizar nas contas de celular: 5 dicas práticas

1. Monitore o uso de sua franquia de dados e ligações

Para economizar nas contas de celular, o primeiro passo é estar sempre atento a elas. Examine com frequência suas faturas e esteja ciente de todas as suas despesas.

Ou seja, saiba quanto você anda gastando e com o quê.

Assim, você:

  • confere se seu plano é, realmente, o ideal para você, ou se você está, na verdade, pagando pelo que nem usa;
  • aprende o que deve priorizar na hora de contratar as operadoras;
  • consegue evitar uma série de gastos adicionais, como compras de minutos extras, mensagens de texto ou pacote de dados.

As próprias operadoras já disponibilizam essas informações para que possam ser consultadas por meio de suas plataformas ou aplicativos de gestão e auto atendimento.  

Se você não conhece, acesse o site da sua operadora e faça login com os dados do titular da conta para começar a usar.


Orçamento pessoal: saiba como elaborar o seu corretamente em 5 passos


2. Compare planos e ofertas

Depois de monitorar seus gastos, se você perceber que seu pacote não te atende bem ou que você está pagando por algo que não usa, vale a pena pensar em trocar de plano.

Comparar com cuidado os planos e ofertas, tanto da sua operadora quanto das demais, te ajuda a encontrar o melhor custo-benefício para você.

Ou seja, um plano que oferece o que você precisa e que tenha o melhor preço do mercado.

Para isso, você pode usar o MelhoPlano, um comparador gratuito de planos de telefone, televisão, internet, combos e, celular.

Por meio dele é possível fazer uma série de análises, contrapondo vantagens e desvantagens de cada oferta.

3. Considere optar por planos-controle

Você sabe a diferença entre planos de celular controle, pré-pago e pós-pago?

De forma bem resumida, no pré-pago você compra créditos e paga antes de usar. Porém, possui a desvantagem de ter que ficar recarregando e o valor pago por dados e minutos é maior.

Já no pós-pago, você contrata um pacote de ligações e internet, mas caso ultrapasse sua franquia, os gastos vão acumulando até o final do mês.

Por isso, ele pode ser mais difícil de controlar as despesas. No entanto, ele permite a adesão de dependentes no mesmo plano.

Por fim, os planos-controle são um meio termo entre pós e pré-pago. Eles possuem um preço fixo por mês, facilitando o controle e o limite de gastos.

Caso você ultrapasse sua franquia de dados, você terá que contratar um pacote adicional antes, evitando surpresas no final do mês.

Além disso, em alguns casos, os benefícios oferecidos são muito parecidos aos do pós-pago.

Os planos controle da Nextel, por exemplo, possuem quase as mesmas características da sua oferta no pós. A principal diferença nesse caso é que apenas o controle não permite adicionar dependentes.

4. Use conexões gratuitas sempre que possível

Um dos fatores que encarecem a conta do celular são os pacotes adicionais de internet.

Sendo assim, evite usar seus dados quando você puder se conectar ao wi-fi da sua casa, de seu local de trabalho, de bares ou restaurantes.

Desse modo, sua franquia de dados dura mais e você não precisa se preocupar (nem gastar!)

Além disso, confira o quanto você gasta com internet por mês e descubra se seu plano realmente te atende, ou se você pode, na verdade, estar comprando mais que o necessário.

Esses detalhes também podem ser acessados por meio dos aplicativos ou sites das próprias operadoras.


Controle financeiro pessoal: Passo a passo de como fazer o seu!


5. Lembre-se dos outros gastos

Além da despesa com a conta de celular em si, também é comum comprarmos, por exemplo, versões premium de sites, jogos ou outros aplicativos.

Por meio delas, é possível ter acesso a uma série de funcionalidades que a versão free não oferece – como novas fases, notícias ou artigos inéditos.

No entanto, por mais que essas cobranças costumem ser feitas em separado, elas encarecem os custos com o celular.

A maioria delas, por exemplo, costuma ser descontada diretamente no cartão de crédito, que pode cobrar jurosPor isso, invista apenas nas que forem imprescindíveis e que você realmente use com certa frequência.

Além disso, esses gastos são fáceis de serem esquecidos e saírem do controle.

Dessa maneira, você deve organizar esses valores para ter uma visão mais clara das suas despesas.

Você pode usar o aplicativo do Mobills para organizar as contas e gerenciar os demais gastos extras com celular.

Conclusão

Existem, portanto, uma série de opções para quem quer controlar os gastos e economizar na conta de celular.

Encontrando o plano certo para você e sua família, estando atento aos custos de cada serviços e entendendo como e quanto você consome, as despesas com celular não precisam mais ser uma dor de cabeça.

*****

Texto escrito por Luísa Gonçalves – Redatora do Melhor Plano


LEIA TAMBÉM:

5 dicas infalíveis para economizar comprando na internet