A crise veio e acometeu todas as pessoas, de grandes empresas a microempresários, de trabalhadores formais a informais, e mudanças se fazem necessárias para superar as dificuldades.

Fintech de empréstimos dá dicas a empreendedores para não saírem no negativo durante a quarentena

Banner convidando para o Mobills

As medidas de distanciamento social adotadas em decorrência da pandemia do novo Coronavírus são essenciais para “achatar a curva”.

Ou seja, evitar que a contaminação atinja muitas pessoas ao mesmo tempo e, assim, exceda a capacidade de leitos disponíveis nos hospitais.

Esta medida também faz com que o número de infectados seja reduzido, o que é excelente.

Em contrapartida, porém, os negócios tendem a cair neste período, o que pode ser prejudicial para a saúde financeira dos empreendedores digitais.

De acordo com o Governo do Brasil, o impacto primário das medidas para combater o novo Coronavírus é estimado em 2,97% do PIB brasileiro, o que equivale a aproximadamente R$ 224,6 bilhões.

Isso é uma mostra de que o impacto econômico será bastante significativo.

No entanto, não veja a situação apenas com maus olhos. Afinal de contas, os esforços estão sendo feitos para proteger a população e manter os empregos.

Além disso, é possível tomar algumas medidas para amenizar tais impactos.

Se você quer saber o que pode fazer para ajudar sua empresa, saiba que veio ao lugar certo!

Confira nossas dicas e tenha chances ainda maiores de passar por este momento complicado da maneira mais tranquila possível.


Os 15 melhores apps para controle financeiro pessoal


Como empreendedores digitais podem superar a crise do novo Coronavírus?

Algumas mudanças serão necessárias, de fato, mas você pode sair vencedor dessa!

Reduza seus custos

Quando se fala sobre aumentar a lucratividade de uma empresa, é comum pensar no aumento das vendas, não é?

Essa é uma medida que realmente dá certo, mas outra igualmente importante nem sempre é comentada: a redução dos custos.

Ora, se a lucratividade é calculada pela subtração dos rendimentos pelos custos, quanto menos a empresa gastar, consequentemente, mais ela terá em seus cofres no final das contas!

Para isso, você pode tomar várias providências, como as seguintes:

  • Opte por um ponto comercial menor ou em regiões afastadas do centro (ou as duas opções ao mesmo tempo). Assim, o valor do aluguel deve sair bem mais barato.
  • Se possível, trabalhe de casa. Este é um corte ainda mais significativo de custos, além de te permitir trabalhar em um lugar tão confortável e querido. O dinheiro que seria utilizado para o aluguel pode ser empregado para a aquisição de móveis novos para o seu home office ou, pelo menos por enquanto, você pode usar a infraestrutura que tem em casa mesmo.
  • Se você tiver outras pessoas na equipe, permita que elas trabalhem de suas casas também. Isso possibilita que você corte custos com vale transporte, por exemplo, que simbolizam uma economia significativa.
  • Cancele serviços não essenciais. Pode ser que você tenha alguns serviços não tão importantes para a sua empresa, como plataformas de e-mail que não costumam ser utilizadas ou assinaturas de aplicativos e softwares que raramente são abertos. Cancelá-los é outra ótima oportunidade para cortar gastos.

Descubra 15 despesas mensais para cortar e economizar bastante dinheiro!


Adapte-se à nova realidade econômica

Não estamos dizendo que essa situação se manterá para sempre, mas ela deve ficar assim pelo menos por algum tempo.

O orçamento de muitas pessoas foi afetado, o que significa que elas têm menos dinheiro à disposição.

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

Para conseguir driblar essa situação desfavorável, vale a pena pensar em alternativas econômicas para sua empresa em relação aos produtos ou serviços oferecidos.

Se você tem um e-commerce, pode oferecer produtos mais baratos, que apresentam um preço de compra também menor.

Procure por opções de boa qualidade, as quais não coloquem a integridade e a imagem da sua empresa em xeque.

Para serviços online, uma alternativa é pensar em opções que sejam mais econômicas em ambos os lados, o que ajuda o cliente a economizar e você a não perder negócios.

Essa adaptação deve trazer algumas mudanças em seu negócio, entretanto, mais vale mudar um pouco do que ter uma perda grande em seu faturamento, não é mesmo?

Faça um empréstimo para ajudar no orçamento

Outra alternativa inteligente é pedir um empréstimo online, o que dá uma ajuda e tanto em tempos de crise e te permite equilibrar o orçamento até que a situação esteja melhor.

Pegar empréstimos, inclusive, é uma situação bastante comum.

A pesquisa “Cenário do empréstimo no Brasil 2018”, da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostrou que 2 a cada 10 brasileiros recorreram a algum empréstimo nos últimos 12 meses.

Entre os mesmos entrevistados, 21% afirmaram que tentaram tomar um empréstimo nos últimos 3 meses, o que mostra que a alternativa é bastante escolhida como uma forma de aliviar o orçamento e pagar as dívidas.

A oportunidade de conseguir uma boa quantia a curto prazo e pagar as parcelas durante mais tempo, quando a situação já estiver melhor estabelecida, é uma vantagem e tanto para quem opta por esta forma de crédito.

Neste caso, porém, preste bastante atenção nas propostas que receber, especialmente em relação aos juros e ao custo efetivo total (CET).

O ideal é fazer a cotação de empréstimo online em várias financeiras para comparar as propostas e, então, escolher a que for melhor para o seu bolso.


Precisando de dinheiro urgente? Veja as 15 melhores empresas de empréstimo online!


Cuide bem das finanças durante o período de distanciamento social!

Por mais que seja preciso substituir alguns hábitos, acredite: você pode superar essa crise.

Ela veio e acometeu todas as pessoas, de grandes empresas a microempresários, de trabalhadores formais a informais, e mudanças se fazem necessárias para superar as dificuldades.

Como não sabemos quanto tempo este período durará, o ideal é que as medidas sejam colocadas em prática o quanto antes.

Além das dicas que citamos, você pode pensar em outras oportunidades de economia, ainda que temporárias, o que trará um alívio significativo ao seu orçamento.

Desta forma, daqui a algum tempo, quando falarem sobre o período de recessão pelo qual praticamente todo o mundo passou, você se lembrará de como foi resiliente para conseguir superar os desafios, o que não deixará de ser uma bela memória em sua trajetória empreendedora.

Como já atua no meio digital, você tem uma grande vantagem a seu favor, que é poder contar com a estabilidade e praticidade da internet.

Além disso, como já mencionado, também pode cortar custos, oferecer novos produtos/serviços, faça o que estiver ao seu alcance para superar essa crise com louvor!

Por fim, se você é MEI (microempreendedor individual), pode aproveitar o benefício de 2 meses gratuitos de Mobills Premium, o melhor aplicativo de controle financeiro do Brasil.

Lembrando que esse é apenas um dos pontos da iniciativa Xô Crise, projeto do Mobills para te ajudar a superar a crise.

Ainda não estava sabendo nem participando? Então, não perca mais tempo, cadastre-se agora mesmo, clicando aqui.

P.s.: Gostou do artigo com dicas para empreendedores superarem a crise?

Então, compartilhe com seus amigos e familiares que empreendem.

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.


APRENDA MAIS:

Como construir um orçamento empresarial efetivo para o seu negócio


Postado em: Fintechs


Escrito por Equipe Mobills Edu


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar de

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app