Sair das dívidas

Um breve guia sobre como se livrar das dívidas

Homem mostrando os bolsos vazios simbolizando o tema Como se livrar das dívidas
Cecília Mesquita
Escrito por Cecília Mesquita

Veja como eliminar as dores de cabeça por motivos financeiros com este excelente passo a passo.

Um breve guia sobre como se livrar das dívidas

Banner convidando para o site do Mobills

Quitar as dívidas é um dos melhores sentimentos do mundo. Fazer o último pagamento de uma dívida grande é um momento libertador na vida de qualquer um que esteja endividado.

E eu tenho certeza que você também quer sentir essa mesma alegria e liberdade. Por isso, nós do Mobills preparamos este guia sobre como se livrar das dívidas rapidamente.

Pode até ser um processo tedioso no início, mas se ver completamente livre de dívidas faz valer a pena cada momento de esforço. Animado para acabar com este problema? Confira o passo a passo.

Guia rápido sobre como se livrar das dívidas

 

Pergunte a si mesmo: Por quê?

O primeiro passo na eliminação da dívida é descobrir a motivação por trás da ação. Pergunte a si mesmo o seguinte:

  • Por que você está endividado?
  • Por que você quer se tornar livre de dívidas?

Sem uma clara motivação para o seu plano, seus hábitos não irão mudar, e seu sucesso financeiro provavelmente será limitado.

  • Qual é a sua razão, e por que você se importa?

Esses fatores motivadores são de extrema importância quando se discute uma dívida. Se você não tem a motivação interior, você provavelmente não fará qualquer mudança real e duradoura em sua vida financeira (ou seja, mudar os comportamentos que você tinha e que te causaram a dívida).

Quanto você deve?

No desenvolvimento de um plano para pagar suas dívidas, você deve saber o montante total devido. Ao coletar essas informações, você deve ficar atento aos seguinte itens:

  • O tipo de dívida
  • O montante de cada dívida
  • A taxa de juros de cada dívida
  • O pagamento mensal mínimo exigido

Ligue ou envie um e-mail para cada empresa e obtenha o valor exato de todos os seus débitos. Após isso, guarde todas essas informações de forma organizada.

Automatize pagamentos

Para começar esse plano, você deve criar um sistema que paga automaticamente as suas principais contas (água, luz, telefone…).

Criar este sistema faz várias coisas para você, como:

  • Diminui a matemática mental necessária a cada mês. Você não precisa pensar em cada pagamento.
  • Elimina a possibilidade de multas por atraso de pagamento.
  • Melhora sua pontuação de crédito a cada mês.

Acompanhe seu fluxo de caixa

Agora que você já está pagando suas principais contas a cada mês, é hora de formular um plano para pagar suas dívidas de maneira mais rápida.

Para isso, é necessário descobrir quanto dinheiro você tem disponível a cada mês. A maneira mais fácil de fazer isso é através do Mobills, basta registrar seus ganhos e despesas e você já têm um controle sobre seu caixa.

É fundamental monitorar suas receitas e despesas para que você saiba quanto dinheiro você tem disponível. Munido desta informação, você pode ser capaz de reduzir suas despesas a cada mês. Além disso, você pode pensar em criar renda extra, a qual pode ser usada para acelerar o seu cronograma de reembolso da dívida.

Crie um fundo de emergência

Um fundo de emergência é uma reserva de dinheiro, muitas vezes guardado em uma poupança. Ter algum dinheiro reservado é crucial, porque impede que você caia em mais dívida caso ocorra uma emergência.

Qualquer dinheiro já ajuda, mas recomendamos que você faça um esforço para ter pelo menos R$ 1.000 guardados. Se quiser entender mais sobre fundo de emergência, leia esse texto: Aprenda a montar sua reserva de emergências.

Destrua sua dívida

Se você tem vários tipos diferentes de dívida, com cada uma carregando uma taxa de juros diferente, como você decide qual dívida para pagar primeiro?

Bom, você tem duas opções:

  • Avalanche de dívida – pague sua dívida de taxa de juros mais alta em primeiro lugar. Quando esta é eliminada, enfrente a próxima dívida de taxa de juros mais alta.
  • Bola de neve – pague sua menor dívida em primeiro lugar. Quando esta é eliminada, enfrente a próxima menor dívida.

De uma perspectiva racional, o método da avalanche de dívida sempre faz mais sentido. Pagando sua dívida de taxa de juros mais alta primeiro, você minimiza a quantidade de juros pagos em todas as dívidas.

Por uma perspectiva comportamental, o método Bola de neve pode fazer sentido. Você vai pagar mais juros a cada mês durante o processo, mas a motivação fornecida por pagar as dívidas menores incentiva você a continuar.

Também é possível combinar as duas abordagens. Por exemplo:

  • Faça pagamentos maiores para quaisquer dívidas que poderiam ser eliminadas em um curto período de tempo (Por exemplo, até 6 meses).
  • Depois de eliminar todas as suas pequenas dívidas (proporcionando motivação adicional para continuar), mude seu foco para a dívida com a maior taxa de juros.

Tornar-se livre de dívidas é o objetivo final aqui, então, escolha o método que irá melhor te manter motivado para destruir suas dívidas.

Revise seus hábitos de gastos

Com um plano em vigor, você deve monitorar continuamente suas receitas e despesas. Ao fazer isso, você pode começar a fazer alterações que irão aumentar o seu fluxo de caixa disponível, permitindo que você faça maiores pagamentos para a sua dívida.

Maiores pagamentos de dívidas reduzirão o tempo necessário para se tornar livre de dívidas e reduzirá o montante de juros pagos em cada dívida.

Muitas vezes, cortar despesas é a maneira mais fácil de começar. Sendo assim, aqui estão algumas ideias que podem te ajudar neste inicio:

  • Mudar seu plano de telefonia
  • Gastar menos em comida (mas sem descuidar da saúde)
  • Preparar uma marmita no lugar de almoçar fora
  • Trocar seu carro por um mais barato e econômico
  • Se mudar para uma casa com aluguel mais barato ou mais próxima do seu trabalho

Enquanto você está cortando despesas, você também pode começar a pensar sobre maneiras de aumentar sua renda:

  • Venda produtos usados em sites como Olx
  • Negocie um salário mais alto em seu trabalho
  • Comece a procurar um emprego com maior salário
  • Inicie um negócio próprio

Compartilhe sua história

Se livrar das dívidas pode ser muito mais fácil se você tiver um grupo de apoio incentivando você. Ser capaz de compartilhar as dificuldade e vitórias é uma parte crucial do processo.

Talvez você possa compartilhar seu plano de pagamento da dívida com a família ou amigos próximos. Compartilhar sua rotina também permitirá sugestões de opções de entretenimento mais baratas, como jantares e outras opções de entretenimento.

Se você está trabalhando atualmente para pagar sua dívida, compartilha com a gente o seu progresso! Também aprendemos muito com os comentários de vocês.

*****

Leia mais:

Dívidas: como saber se o seu nome está sujo

Está endividado? Veja 8 erros para NÃO cometer na hora de renegociar dívidas!

Vale a pena pegar um empréstimo para pagar dívidas?

Como sair das dívidas do cartão de crédito em 5 passos

Curtiu o breve guia sobre como se livrar das dívidas? Conhece outra dica interessante? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Um breve guia sobre como se livrar das dívidas? Compartilhe nas redes sociais! A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários

Sobre o autor

Cecília Mesquita

Cecília Mesquita

Cecília Mesquita, 25 anos, estudante de Jornalismo e estagiária de Social Media do Mobills. Desenvolveu uma paixão por estudar economia e educação financeira logo no início de estágio. Principais Hobbies: escrever, assistir séries e platinar jogos na Steam.