A não aprovação do auxílio emergencial pode ser decorrência de vários fatores, dentre eles, há os casos em que o CPF é utilizado por terceiros indevidamente. Entenda a fraude!

Cansado de ler? Então ouça este artigo:

Auxílio Emergencial: como saber se o seu CPF foi utilizado indevidamente para solicitar o benefício

Uma parte dos brasileiros que solicitaram o auxílio emergencial já receberam a primeira e segunda parcela, no entanto, também existe um grande número de pessoas que ainda não conseguiu aprovação para o benefício.

São muitas as razões para esta demora ou para a não aprovação e, dentre elas, há os casos em que o CPF informado consta como já utilizado.

Esta fraude pode estar prejudicando você, então, descubra como saber se seu CPF foi utilizado para solicitar o auxílio emergencial sem sua autorização.

Normalmente, quem foi vítima deste crime recebeu uma mensagem, no momento do cadastro para o auxílio, avisando que o número do CPF já havia sido utilizado ou que o número era inválido.

Como saber se o seu CPF foi utilizado indevidamente para solicitar o Auxílio Emergencial?

Esse tipo de fraude é bem comum, porém, é simples descobrir se você foi alvo deste crime, basta seguir os passos abaixo:

  1. Abra esse artigo no computador e clique aqui.
  2. Insira os dados solicitados: CPF, nome da mãe, nome completo e data de nascimento. Além disso, marque a opção “Não sou um robô”, logo abaixo e clique em “Enviar”.
  3. O site retornará o status do pedido feito, informando o dia que começou a ser processado e o dia que o resultado foi enviado pela Caixa.

As opções de resultado do processamento são:

Benefício aprovado

Neste caso, o benefício pode ser sacado, basta consultar aqui quando os valores poderão ser sacados.

Benefício não aprovado

Nesta situação, aparecerão os motivos da recusa, explicando porque o requerente não tem direito ao auxílio.

Importante lembrar, que é possível recorrer desta decisão no próprio site ou aplicativo do auxílio emergencial.

Em processamento

Se este for o caso, a análise do pedido ainda estará sendo realizada pela Dataprev.

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

É possível ver, ainda, a data da solicitação, mas não é mostrada a previsão para resposta.

Requerimento não encontrado

Significa que nenhum pedido foi feito utilizando o CPF informado ou que se foi feito ainda não foi enviado para análise.

Contudo, como o sistema é automatizado, dificilmente, a segunda opção será válida.

Requerimento retido

É um caso mais raro, em que o Ministério da Cidadania envia o pedido para reanálise pela complexidade de dados a serem cruzados.

Assim, só resta esperar o pedido ser liberado e qualificado entre: aprovado ou não aprovado.

Dados inconclusivos

A mensagem acima indica que o cidadão deve fazer novamente o pedido.

Normalmente, ocorre quando os dependentes são informados de forma incorreta ou incompleta.

Assim, o requerimento deve ser feito novamente com o cuidado de conter todas as informações necessárias.

Fui vítima de fraude, e agora?

Se através da pesquisa foi possível perceber que alguém solicitou o benefício, mas não era o dono do CPF em questão, há duas maneiras de denunciar.

A primeira é através do portal Fala.Br, da CGU (Controladoria geral da União), já falamos dele aqui em outra oportunidade, saiba mais.

Também é possível entrar em contato com a Ouvidoria da CGU através dos telefones: 121 ou 0800-7070-2003.

Outra opção é registrar um boletim de ocorrência online.

-> O que achou da notícia sobre a fraude do CPF utilizado indevidamente? Se gostou, então, compartilhe com seus amigos e familiares que possam se interessar.

Quer acompanhar nosso conteúdo também no Instagram? Clique aqui e siga o @mobillsedu!

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.


SAIBA MAIS:

Postado em: Notícias


Escrito por Ariane Lopes

Ariane Lopes, redatora do Portal Mobills. Formada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará - UFC e Pós-graduanda em Gestão Pública pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB. Pesquisadora incansável dos temas educação financeira e finanças pessoais. Principais hobbies: assistir documentários, ler, organizar eventos e viajar.


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Inscreva-se
Notificar de
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Alice Nunes de Oliveira Carneiro
Alice Nunes de Oliveira Carneiro
1 mês atrás

Eu sou aposentada, não recebo auxílio emergencial,mas obrigada pelas informações.

Carlos Terceiro
Admin
Carlos Terceiro
28 dias atrás

Fico feliz que ajudou Alice.

Carlos, CEO do Mobills

Alice Nunes de Oliveira Carneiro
Alice Nunes de Oliveira Carneiro
1 mês atrás

Eu sou aposentada, não recebo auxílio emergencial, obrigada pelas informações.

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app