Como poupar dinheiro: saiba quanto guardar e por que juntar por mês
Por favor, avalie esse Post

Como poupar dinheiro: saiba quanto guardar e por que juntar por mês

Banner convidando para o site do Mobills

Diversos especialistas financeiros afirmam que poupar dinheiro é mais importante do que fazer investimentos. Isso significa que é muito mais importante conseguir juntar uma certa quantia com regularidade do que escolher uma boa aplicação e investir em “uma única tacada”.

Entretanto, na prática, juntar dinheiro pode ser muito mais difícil do que parece. Principalmente porque a maioria dos brasileiros têm dívidas – segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), aproximadamente 60% das famílias brasileiras estão endividadas em 2016.

Sendo assim, é necessário agir (poupar dinheiro) para que se possa ter uma vida financeira saudável. Quanto você deve juntar por mês? E como juntar essa quantia com mais facilidade? Tire suas dúvidas conferindo as dicas abaixo.

Saiba quanto guardar, por que juntar por mês e como poupar dinheiro

Por que poupar?

Menino fazendo sinal de positivo com um cofrinho e moedas
Quem sempre se preocupou sobre como poupar dinheiro tende a ter melhores condições financeiras

Poupar dinheiro mensalmente é um passo importante para conseguir independência financeira e mais qualidade de vida. O ato de poupar vai ajudar você a realizar mais investimentos e fazer esse dinheiro se multiplicar.

Conquistar seus sonhos no curto, médio ou longo prazo também se tornará uma tarefa mais fácil e você ainda terá uma reserva de emergência que poderá ser usada em situações críticas ou para quitar dívidas.

Quanto juntar por mês?

3 potes de vidro com diferentes quantidades de moedas
O ideal é juntar pelo menos 10% do seu salário líquido por mês

Sabendo da importância de juntar dinheiro, o mais comum é que apareçam dúvidas sobre qual a quantia ideal para economizar a cada mês. Grande parte dos especialistas em finanças garante que o ideal é que pelo menos 10% do salário líquido mensal seja guardado, mas esse valor pode variar de acordo com cada caso.

Na prática, se você tem um salário líquido de R$ 2.000,00, o ideal é que a cada mês você economize ao menos R$ 200,00 após pagar todas as contas e gastos com lazer. Mas a regra dos 10% pode mudar dependendo dos seus objetivos (está difícil guardar uma parte dos seus rendimentos? Saiba como não gastar todo o seu salário).

Se você deseja fazer um intercâmbio ou curso no exterior, por exemplo, você pode sentir a necessidade de poupar mais dinheiro em um curto período de tempo. Já se os seus planos são a longo prazo, a regra dos 10% pode ser mantida com maior facilidade. Contudo, em todos os casos, o ideal é que a quantia guardada não seja menor do que a porcentagem mínima sugerida.

Como poupar dinheiro?

Mãos segurando uma casinha feita com uma cédula de dinheiro
Não existe uma única fórmula, poupe de acordo com as suas necessidades

As formas de juntar dinheiro também podem variar de acordo com cada  estilo de vida e situação, mas algumas regras gerais podem ajudar nesse objetivo:

– Faça da prática de poupar dinheiro uma regra e tenha disciplina. O ideal é ter o compromisso de juntar a quantidade X de dinheiro da mesma forma que teria o compromisso de pagar uma prestação com regularidade.

– Para que o dinheiro esperado sobre ao final do mês, sempre corte gastos supérfluos. Tente localizar os gastos que podem ser eliminados e utilize dinheiro apenas naquilo que é indispensável, sem deixar de guardar uma parte para diversão.

– Para cortar os gastos, comece a ter o hábito de anotar todos os seus gastos por um mês. Isso ajudará a ver com mais facilidade os gastos que podem ser cortados.

– E, ao ganhar algum dinheiro que não era esperado, guarde! A maioria das pessoas tende a usá-lo, mas é preferível guardar esse dinheiro para algum projeto futuro ou mesmo para pagar alguma dívida.

Como vencer a barreira cultural?

Desenho de um homem segurando um cofrinho gigante
Quando pensa em como poupar dinheiro costuma desanimar rápido? Mude sua mentalidade!

O brasileiro não é um poupador nato. Essa não é uma suposição e, sim, um fato. Uma pesquisa realizada pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) mostra que as pessoas ainda não adquiriram o hábito de poupar por aqui. Das pessoas entrevistadas, 54% disseram que não conseguem guardar qualquer valor, 42% disseram que conseguiram juntar alguma quantia e 3% não souberam responder.

É preciso trabalhar contra as estatísticas e ser capaz de economizar para conseguir realizar sonhos. Poupar dinheiro é um hábito como qualquer outro e deve ser exercitado. Comece aos poucos, devagar, e, quando perceber, esse hábito já estará incorporado à sua rotina. Outro ponto importante é mostrar o valor da economia para as crianças. Elas devem ser estimuladas a guardar um pouquinho a cada mês e a ter visão de futuro desde cedo.

Por que recorrer à poupança ainda é uma opção?

Você deve ter ouvido por aí que economizar por meio da velha e conhecida poupança não está sendo tão rentável. Na verdade, essa é a modalidade mais conhecida de se guardar dinheiro. Além de ser fácil ter uma poupança, essa é uma opção conservadora, ou seja, não oferece muitos riscos para o poupador. Por isso, os rendimentos também são mais tímidos.

Os rendimentos da poupança são calculados da seguinte maneira: investimentos feitos até a data de 3 de maio de 2012, o rendimento considera a Taxa Referencial (TR) + 0,5% ao mês. Se o depósito tiver sido feito a partir de 4 de maio de 2012, a regra é outra.

Se a Taxa Selic for superior a 8,5% ao ano, o cálculo considera TR + 0,5%. Caso a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a remuneração é calculada com TR + 70% da Selic. Esse cálculo é feito para poupanças em qualquer banco. Entre guardar o dinheiro na poupança ou não guardar, opte pela poupança mesmo.

Como usar a tecnologia para poupar?

Mãos segurando um Iphone que está rodando o aplicativo Mobills
Aplicativo Mobills no Iphone, mas você também pode usar na web, no Android ou Windows Phone

Guardar o dinheiro debaixo do colchão ou em cofre físico são práticas obsoletas para quem quer poupar. Atualmente, a tecnologia pode auxiliar muito quem deseja e precisa poupar.

Existem inúmeros aplicativos que podem te orientar nessa ação. São apps que ajudam a estabelecer um orçamento, auxiliam sobre a quantidade a ser poupada e dão outras dicas sobre como usar da melhor forma o seu dinheiro.

A tecnologia também pode ajudar de outra forma. Todos os bancos já oferecem um serviço chamado poupança programada. Você escolhe a quantia que deseja economizar, por quanto tempo e o banco transfere o valor na data exata para a sua poupança. Essa alternativa é útil para aqueles que realmente se esquecem de separar o dinheiro da poupança mensal.

Qual a melhor maneira de poupar sem ter que esperar por melhoras financeiras?

Tem gente que está sempre postergando o ato de poupar. Acham que estão gastando muito com a mensalidade da faculdade e esperam a formatura, depois estão pagando as parcelas do primeiro carro e não sobra nada para as economias, mais tarde, estão planejando o casamento e consideram que não tem como poupar dinheiro. Sempre haverá uma desculpa se a poupança não for priorizada.

O que as pessoas se esquecem é de que, se a poupança for um hábito, todas essas questões citadas podem ser adquiridas de forma mais rápida e por um valor menor. O hábito de poupar deve fazer parte da sua vida independentemente se você ganha um salário-mínimo ou 20 salários. Com raríssimas exceções, sempre é possível guardar uma parte de seus rendimentos. Por isso, comece a poupar hoje!

Quer aprender como poupar dinheiro em pouco tempo? Encare o Desafio das 52 semanas!

Por que a poupança não é sinônimo de privação?

Família reunida em um piquenique no parque
Um piquenique com a família ou amigos é um bom exemplo de diversão barata

Muitas pessoas justificam a falta de poupança com um certo argumento “eu vivo o momento e aproveito a vida”. Quem disse que poupar é sinônimo de privação? Na verdade, a poupança pode ser vista como uma forma segura de você poder aproveitar a vida.

Poupar dinheiro é um hábito que fará você materializar as conquistas desejadas. Claro que algumas questões precisarão ser revistas e haverá momento certo para tudo, mas você não precisa parar de viver por isso.

Se você costumava ir a muitos shows fora do estado, vai escolher apenas um ao ano e aproveitará mais shows gratuitos na sua cidade, se ia ao cinema toda semana, poderá aproveitar melhor a sua assinatura de Netflix, se comia fora todos os dias, poderá levar almoço para o trabalho. Quem poupa pode apenas adiar a sua satisfação pessoal por algum momento, mas jamais deixa de aproveitá-la.

Agora vamos propor um exercício para que você reflita sobre todas essas dicas apresentadas. Comece a pensar nas pessoas mais equilibradas financeiramente que você conhece. Aquelas que estão sempre com as contas em dia, que não entram no cheque especial e que conseguem realizar os sonhos de forma planejada e organizada. Certamente, você se lembrará de muitas pessoas, que têm diferentes perfis e estilos de vida.

Elas poupam dinheiro? Como elas poupam? Pense em quanto você poderia poupar de acordo com a sua realidade e não espere ter o melhor salário para começar a guardar dinheiro. Vença a barreira cultural e use a tecnologia para te ajudar nesse processo, sempre lembrando de que a poupança não é sinônimo de privação!

Curtiu nossas dicas sobre como poupar dinheiro? Conhece alguma outra dica interessante? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Como poupar dinheiro: saiba quanto guardar e por que juntar por mês? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários