Acumulou muitas dívidas e não consegue ter tranquilidade financeira? Saiba como mudar essa situação.

Cansado de ler? Então ouça este artigo:

Veja como negociar suas dívidas e sair do sufoco

Mesmo ganhando bem, há quem possui dívidas em seu cartão de crédito por não ter controle financeiro.

Chega o final de mês e o dinheiro da pessoa acabou, mesmo sem nem saber direito com o que gastou.

Mas nunca é tarde para planejar seu futuro e conseguir economizar.

Neste texto, apresentaremos a possibilidade de negociar dívidas, vamos sugerir algumas alternativas para buscar essa negociação e a consequente limpeza do nome, quando sujo.

Mostraremos as variáveis que compõe a negociação de dívidas dos mais variados tipos, além da possibilidade de se consultar se o nome está ou não sujo.

As contas não estão fechando no final do mês? Está ficando nervoso pois o salário já não dá mais para pagar tudo?

Tem escolhido quais dívidas pagar na data e quais deixar para frente? Veja abaixo como sair do sufoco!

Como negociar suas dívidas e sair do sufoco

Planeje

Primeiro, anote todos seus gastos diários, suas dívidas acumuladas e quanto recebe por mês.

Separe estas anotações em despesas fixas, ou seja, aquelas que se repetem todos os meses (como aluguel, luz, gás, supermercado, condomínio) e despesas variáveis, que podem ser cortados ou reduzidos, como cartões de crédito, viagens, roupas e lazer.

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

Analisando estes dados, você consegue ver quanto precisa pagar mensalmente e quanto pode guardar para pagar as dívidas existentes.

Um bom auxiliar para controlar as finanças são os aplicativos financeiros, pois permitem que os gastos sejam anotados assim que acontecem.

Um exemplo é o Mobills, que coloca na palma da mão do usuário (em seu celular ou tablet) gráficos interativos, metas, orçamentos e alertas de vencimento de contas, sincronizando tudo via web.

Organize suas dívidas

Sabendo quanto você pode separar de seus rendimentos para regularizar as dívidas, avalie quais têm juros mais altos e priorize seu pagamento.

Dívidas de cartão de crédito e cheque especial costumam ser as mais caras e valem a pena serem quitadas, até mesmo com empréstimos pessoais, que possuem juros mais baixos.

Consulte os órgãos de proteção ao crédito

Quando os consumidores não pagam suas contas na data, as empresas e serviços bancários incluem os nomes dos clientes em cadastros dos serviços de proteção ao crédito.

A maioria deles envia um aviso informando esta situação e dando um prazo para quitação do débito, mas às vezes, incluem sem avisar o devedor.

Veja como consultar se seu nome já está sujo lendo o artigo abaixo.


Como saber se o seu nome está sujo: aprenda a consultar grátis!


Negocie suas dívidas com os credores

Sabendo quanto deve e para quem, procure os credores com propostas de quitação, valores que você pode dispor para eliminar esta dívida da sua vida.

Converse com seu gerente e estude as possibilidades.

É importante não assumir parcelas mais altas do que o valor que você previu mensalmente para a quitação das dívidas, pois se você atrasar o pagamento, o acordo será quebrado e refeito, muitas vezes em condições desfavoráveis.

Aproveite também as feiras de renegociação promovidas pelos órgãos de proteção ao crédito e defesa do consumidor.

Nestes eventos, as empresas estão disponíveis para negociar valores mais interessantes para quitar as dívidas. Depois das dívidas quitadas, faça um planejamento para seus gastos.

Reserva para imprevistos

Tente poupar pelo menos 10% do valor de seu salário.

Comece a formar sua reserva para imprevistos visando tranquilidade caso surjam gastos inesperados.

É muito difícil para você juntar dinheiro? Veja algumas dicas simples de como guardar dinheiro.

-> O que achou do artigo sobre como negociar suas dívidas? Se gostou, então, compartilhe com seus amigos e familiares.

Quer acompanhar nosso conteúdo também no Instagram? Clique aqui e siga o @mobillsedu!

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.


VEJA TAMBÉM:

10 dicas simples para acabar com as dívidas e começar a acumular dinheiro

Postado em: Sair das dívidas


Escrito por Victor Leitão

Victor Leitão, Líder de Conteúdo e SEO na Mobills. Consultor financeiro pessoal. Pesquisador incansável dos temas educação financeira e finanças pessoais. Formado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará.


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app