Como investir em ações em 8 etapas simples
Por favor, avalie esse Post

Como investir em ações em 8 etapas simples

Banner convidando para o site do Mobills

Uma ação representa a menor parcela em que se divide o capital de uma empresa organizada em forma de sociedade anônima (S.A.). Ao ter suas ações na bolsa, a empresa passa a ter valor oscilante, para mais ou para menos, de acordo, dentre outros fatores, com a oferta e a procura.

Investir em ações é como se tornar sócio da empresa, participando dos lucros e dividendos da corporação, além da valorização do preço de suas ações. Se, por exemplo, a empresa enfrentar dificuldades em sua lucratividade, seu retorno também será impactado e fará com que o valor das ações diminua.

Investir na bolsa é uma oportunidade para se proteger contra o aumento da inflação e alcançar maiores retornos, se compararmos com títulos e propriedade. Esta é uma coisa que você quer fazer, mas não está certo por onde começar? Este post é para você. Confira!

Entenda como investir em ações em 8 etapas simples

1. Conheça o mercado de ações

Conhecimento é uma das partes mais importantes quando se decide investir em ações na bolsa. Os filmes retratam este tipo de investimento como uma montanha-russa extrema, onde fortunas são ganhas e perdidas a cada instante, quando na realidade este não é o caso.

Sim, o mercado de ações tem altos e baixos, e está envolto em riscos. Acontece, que se você conhecer o mercado e fizer boas pesquisas, você será capaz de fazer investimentos mais seguros.

2. Flutuação de mercado

Um aspecto importante ao se decidir por investir em ações é saber que os seus preços flutuam para cima e para baixo, mas quanto maior a duração do investimento, maiores as chances de ganho de capital.

3. Busque informações

Com o crescimento do acesso à internet, está cada vez mais fácil buscar informações qualificadas. É importante que você se informe ao máximo antes de se decidir por algum aporte.

Alguns sites como o da BM&FBovespa são extremamente úteis para acompanhar as cotações. Jornais e revistas também são importantes ferramentas de informações sobre o desempenho do mercado e da economia.

4. Escolha uma corretora

As ações são comercializadas através das corretoras, e não são difíceis de serem encontradas no mercado. Para começar as suas operações é necessário que você abra uma conta em um desses locais, de forma que você consiga fazer as suas transações através de DOC’s ou TED’s.

Caso uma corretora “quebre”, o único dinheiro que você perde é o que está custodiado por eles, pois, os títulos, ou seja, os “pedacinhos” de empresa que você está comprando esperando que dê lucro ficam assegurados como sua propriedade.

5. Negocie seus títulos

Já há algum tempo que a compra dos títulos em épocas em que as perspectivas de valorização são boas, e a venda destes no intuito de obter lucro, podem ser feitas através da internet com o chamado “Home Broker“.

Através do código fornecido pela corretora, por meio do respectivo site, é possível acompanhar gráficos, verificar a possibilidade de venda e compra imediata, e diversas outras informações que auxiliarão na sua decisão.

6. Tenha uma abordagem de investimento disciplinada

A volatilidade nos mercados faz com que os investidores percam dinheiro. No entanto, os investidores que colocam dinheiro sistematicamente, nas ações certas e fazem investimentos pacientemente demonstram resultados melhores.

Por isso, é prudente ter paciência e seguir uma abordagem de investimento disciplinada, além de manter um quadro amplo, diversificado e de longo prazo em mente.

7. Invista qualquer quantidade

Através das informações prestadas pela corretora de ações, é possível que mesmo valores pequenos sejam investidos em diferentes modalidades de ações.

A mais comum e mais procurada por quem está começando são os chamados “fundos”, que é um meio mais seguro para quem ainda não compreende bem o mercado e deseja começar a investir já.

8. Compare as corretoras

Assim como qualquer outro produto ou serviço que você esteja pesquisando, é importante que antes de começar a investir, você faça uma comparação entre as corretoras.

Os valores de comissões e taxas de administração praticadas no mercado divergem de uma empresa para outra. O mercado de ações é algo que exige cautela e o máximo de informações sobre as modalidades disponíveis.

Leia mais:

Aprenda a investir na Bolsa de Valores em 7 passos

Saiba quais são os 10 maiores erros de quem investe em ações

Como funciona a bolsa de valores?

Curtiu nossas dicas sobre como investir em ações? Está pronto para investir? Compartilhe conosco e engradeça a discussão!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Como investir em ações em 8 etapas simples? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários