Economizar

Como economizar no supermercado: 6 dicas essenciais

como economizar no supermercado

Como economizar no supermercado: 6 dicas essenciais

Se você costuma analisar bem o preço dos produtos quando vai às compras no supermercado, provavelmente está preocupado com o valor gasto, não é mesmo? Já para os que não analisam direito, é indispensável que comecem a se preocupar.

Com a economia em problemas e o crescimento da inflação no país, alguns produtos estão tendo seus preços aumentados constantemente. Quem controla os gastos com alimentação e supermercado em ou aplicativos de controle financeiro ou planilhas percebe que há uma variação muito grande no valor dos produtos.

Sendo assim, listamos 6 dicas essenciais para ajudar as pessoas que querem saber como economizar no supermercado, para que o dinheiro disponível para as compras do mês possa render um pouco mais.

Como economizar no supermercado: 6 dicas essenciais

1 – Nunca vá às compras sem fazer um planejamento

É necessário fortalecer o hábito de tomar as decisões em casa. Ao fazer isso, você irá poupar não só dinheiro, mas também o seu valioso tempo. O ponto de partida do seu planejamento deve ser o que irá comer durante a semana. Em seguida, faz-se a lista dos outros produtos que se precisa comprar.

Quando se vai ao supermercado, sem elaborar o cardápio da semana, a tendência é que se compre alimentos que pensamos que vamos comer, mas que no final não temos tempo de preparar. Algumas vezes esses alimentos estragam e vão para o lixo, ou seja, dinheiro desperdiçado.

Isso acontece com muitas pessoas, as quais andam por todos os corredores do supermercado, enchem o carrinho, compram uma quantidade bem maior do que vão usar e, principalmente, compram alimentos supérfluos, desnecessários.

A maioria das pessoas não tem esse hábito, mas um dia antes de ir às compras, elabore um planejamento e prepare uma lista com todos os itens de que precisa e a quantidade necessária, para evitar desperdícios. No dia da compra, isso ajudará você a não pegar alimentos ou produtos que não estiverem na sua lista.

Entretanto, a lista deve ser seguida à risca. Não adianta de nada você passar um bom tempo elaborando uma lista e chegar no supermercado e não utilizá-la.

2 – Fique atento aos panfletos de promoções

Os grandes supermercados sempre publicam os produtos em promoção na semana em panfletos distribuídos nas casas, nos sites ou em jornais.

Vale a pena “gastar” alguns minutos do seu dia para verificar as promoções antes de decidir em qual supermercado você vai realizar as compras. Elabore sua lista de acordo com as promoções de cada supermercado, isso certamente vai ajudar você a diminuir bastante os gastos.

3 – Priorize ingredientes ao invés de alimentos semi-prontos

Muitos alimentos que antigamente eram feitos em casa estão sendo fabricados semi-prontos e colocados nas prateleiras dos supermercados, como hambúrguer, lasanhas, macarrão, molho de tomate, pastéis, temperos, bolos, feijoada, suco de frutas, entre outros. Tudo isso baseado na praticidade do mundo moderno, no qual falta tempo para preparar aqueles alimentos desde o começo.

No entanto, ao preparar o alimento em sua residência, além de economizar, você pode fazer de uma maneira mais gostosa, do jeito que você prefere e, principalmente, mais saudável, visto que muitos desses alimentos semi-prontos têm grande quantidade de conservantes.

Portanto, sempre que possível, prepare o alimento em casa, como antigamente, e compre os ingredientes para fazê-lo, ao invés de optar pelos alimentos semi-prontos.

4 – Escolha com base no melhor preço

Não se iluda com preços mais baratos em pacotes ou dúzias, muitas vezes você só precisa de um ou dois itens daquele produto. Portanto, mesmo que o preço unitário seja mais caro, vale mais a pena que comprar pacotes grandes que não serão utilizados.

É importante estabelecer que nem sempre as melhores marcas são as mais famosas, obviamente que dependendo do seu gosto pode haver algumas exceções, mas o ideal é fugir das marcas mais famosas, que custam bem mais caro. Então, busque experimentar produtos de marcas alternativas, que estejam com um preço mais em conta. Eles podem ser tão bons quanto aqueles das marcas mais famosas.

Ao comprar verduras, frutas, legumes e hortaliças, fique sempre atento se é a temporada de colheita. Muitas vezes o preço pode estar muito alto porque estão fora de época ou o produto encareceu demais porque a safra não foi boa.

5 – Evite, se possível, levar as crianças

O ideal, ao sair para fazer as compras no supermercado, é que você deixe as crianças em casa, porque levar as crianças, muito provavelmente, vai aumentar o valor das suas compras, uma vez que é mais difícil controlar o ímpeto delas ao ver aquela infinidade de coisas.

Mas se não houver outra solução, o que fazer? Tente combinar com as crianças antecipadamente o que pode e o que não pode. Como opção, diga que elas podem escolher um produto.

6 – Quando estiver no supermercado, aproveite promoções

Se você estiver no supermercado, observar que determinada mercadoria está em promoção e que é um produto não perecível e de primeira necessidade, compre esse produto para estocar. Entram nesta categoria, papel higiênico, sabonetes, creme dental, detergente, sabão em pó, produtos de limpeza em geral e alguns outros perecíveis como sal, açúcar, óleo, macarrão, arroz, café etc., atentando, neste caso, para o prazo de validade.

Curtiu nossas sugestões? Conhece mais alguma dica sobre como economizar no supermercado? Compartilhe conosco! 

Quer melhorar sua situação financeira? Acesse www.mobills.com.br para conhecer todos os recursos do aplicativo ou se cadastre diretamente clicando aqui.

Gostou do artigo Como economizar no supermercado: 6 dicas essenciaisA sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários

Deixe um comentário