Saiba como contornar a crise e se manter bem financeiramente
Por favor, avalie esse Post

Saiba como contornar a crise e se manter bem financeiramente

Banner convidando para o site do Mobills

A crise econômica está afetando a vida de muitos brasileiros e nem todos estão conseguindo superar esta fase sem sofrer grandes danos no patrimônio. Para enfrentar a crise é necessário ter bastante cuidado, pois decisões erradas podem levar você ao endividamento ou, para aqueles que já se encontravam endividados, a prejuízos ainda maiores.

É neste momento que devemos gastar menos do que ganhamos e utilizar sabiamente o restante do dinheiro que sobrar. Durante este período de crise, muitas pessoas costumam ficar com o psicológico abalado, podendo ter depressão, baixa autoestima e crises de ansiedade, o que dificulta a prática de ações que venham a resolver os problemas financeiros.

O melhor a se fazer é manter-se calmo, analisar sua situação financeira e traçar um plano para facilitar a busca pela solução do problema. Especialistas garantem que o principal fator para garantir maior segurança nas finanças pessoais é a educação financeira.

O hábito de poupar deve ser iniciado o quanto antes, o planejamento e o orçamento familiar são itens que devem ser discutidos com racionalidade e atenção. Começar a investir também é fundamental para garantir um futuro mais tranquilo.

Veja, a seguir, o que você deve fazer para contornar esse momento instável da economia brasileira e poder se manter bem financeiramente.

Como contornar a crise e se manter bem financeiramente

 

– Faça uma análise detalhada do seu orçamento

Analise criteriosamente o seu orçamento. Coloque nele sua receita real (o que você ganha efetivamente, ou seja, após todos os descontos) e todas as despesas mensais.

Liste aqui não apenas as contas de água, energia, celular, TV por assinatura etc., mas também as despesas com compras para a casa, vestuário, alimentação e medicamentos. Leve tudo em consideração!

– Controle suas despesas diariamente

Para isso, você pode utilizar um aplicativo gerenciador financeiro, como o Mobills, no seu celular (baixe agora para Android, iOS ou Windows Phone), que é a solução mais prática, uma vez que as despesas podem ser anotadas no momento da realização, e eficiente, pois conta com diversos recursos que dão uma visão mais ampla da sua real situação financeira, permitindo que você tome atitudes em relação aos focos dos problemas.

Ou, se preferir, você pode optar por uma planilha do Microsft Excel, que também é utilizada para o controle das finanças pessoais, embora fique mais restrita ao uso no computador.

Contudo, independentemente da forma escolhida, essa atitude é fundamental para que você possa ter o real controle do seu orçamento, o que ajudará a melhorar o seu planejamento financeiro e a diminuir gastos, principalmente, os supérfluos ou desnecessários no momento.

Ainda não usa nenhum aplicativo de controle financeiro?! Veja que benefícios você está deixando de usufruir.

Banner convidando para baixar e-book sobre benefícios de usar aplicativo de controle financeiro

– Corte despesas desnecessárias

Existem muitos itens em nosso dia a dia que podem ser dispensados numa situação como essa.

Troque o consumo de produtos importados por nacionais. Aproveite somente as promoções que tenham um bom custo-benefício. Identifique ainda suas motivações psicológicas (ir ao cinema ou a restaurantes etc.) e torne-as eventuais ao invés de semanais. E elimine as compras por impulso.

Você sentirá uma queda em seu padrão de vida, mas, por outro lado, poderá ter maior tranquilidade para pagar as contas e enfrentar a crise, que é o objetivo principal.

– Busque fontes alternativas de renda

Uma forma de se manter bem financeiramente, principalmente em momentos de crise econômica, é sempre buscar fontes alternativas de renda. Se você tem algum talento artístico, cozinha bem ou tem facilidade para vender produtos, invista nisso!

Quem sabe você pode até desenvolver um negócio a partir desta necessidade, e conseguir melhorar sua vida e de sua família não só momentaneamente, mas para o resto da vida.

Caso seu marido ou esposa não trabalhe, esta pode ser a hora de começar a exercer uma atividade que lhe garanta algum retorno. O mesmo vale para os seus filhos, caso tenham idade suficiente para bancar seus estudos, por exemplo.

– Envolva toda a família

Caso tenha cônjuge e filhos, procure envolvê-los na situação. É claro que você não passará aos seus filhos uma preocupação enorme que deve ser sua, mas é sempre saudável manter a transparência, fazendo com que colaborem na economia da casa.

Quanto ao seu companheiro, ou companheira, o ideal é que fiquem mais unidos do que nunca, compartilhando decisões e responsabilidades. Nesta hora, duas cabeças pensando conseguem melhores soluções.

– Invista em qualificação profissional

Não é novidade para ninguém que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Dessa forma, é necessário que você busque melhorar suas habilidades, mesmo que a situação financeira esteja complicada, pois isso ajudará você a manter o emprego ou, quem sabe, conseguir um cargo ou salário melhor.

A educação sempre deve ser considerada como um investimento que fará diferença no seu futuro ou no dos seus filhos.

– Evite novas dívidas

Esqueça os financiamentos de longo prazo. Em tempos instáveis, ninguém sabe se poderá honrar devidamente suas prestações.

Se já tiver endividado, não realize novos empréstimos! Evite cair na tentação de contrair empréstimos para quitar dívidas. Opte por este caminho somente se não houver alternativa. Lembre-se: uma dívida leva à outra. O mais seguro, neste caso, é que você negocie suas pendências e corte o máximo possível de custos.

*****

Ama escrever e gosta do tema finanças pessoais? Conte suas experiências voluntariamente no Portal Mobills e colabore para a educação financeira de outras pessoas. Preencha o formulário para se cadastrar!

Leia mais:

10 dicas simples para acabar com as dívidas e começar a acumular dinheiro

Dívidas: como saber se o seu nome está sujo

Está endividado? Veja 8 erros para NÃO cometer na hora de renegociar dívidas!

E você, sabe como contornar a crise e se manter bem financeiramente? Que atitudes você tomou nesse sentido? Compartilhe conosco!   

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Saiba como contornar a crise e se manter bem financeiramente? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários