Quer começar a investir mas não sabe como? Veja estas 4 dicas

Banner convidando para o site do Mobills

Quem quer começar a investir precisa seguir alguns passos para que se sinta seguro e atinja o objetivo esperado. Começar a investir não é apenas pegar um valor que se tem disponível e colocar em qualquer aplicação que talvez renda um retorno financeiro.

Fazer investimentos vai muito além disso, pois é preciso conhecer sobre as opções disponíveis e qual a melhor maneira de fazer isso. Outro problema dos investidores é considerar apenas rentabilidade e desconsiderar a inflação anual divulgada pelo Banco Central porque, apesar de o dinheiro ter rendido, ele pode ter perdido valor de compra.

Quer evitar cometer erros? Continue lendo o texto e atente-se a nossas dicas!

4 dicas para quem quer começar a investir

1. Elabore objetivos

Se você quer investir e fazer com que esse investimento chegue ao fim é preciso ter um objetivo para ele. Por isso, pare por algum tempo e pense o porquê está investindo e o que deseja conquistar com isso. Pode ser qualquer objetivo, como comprar um carro, fazer uma viagem.

Nesse momento vai começar a perceber que para atingir seus objetivos pode ser preciso eliminar alguns gastos supérfluos para conseguir ter um dinheiro a mais para investir.

2. Conheça os diferentes tipos de aplicações

Para que seu dinheiro não fique parado e com isso acabe se desvalorizando é preciso conhecer as suas opções de investimento antes de sair fazendo aplicações malucas. São diversos tipos disponíveis e alguns envolvem um maior risco que outros.

Por exemplo, algumas aplicações de renda fixa estão com um bom rendimento, pois estão atreladas à taxa SELIC (taxa básica de juros da economia) a qual se mantém em um patamar alto. Além disso, o risco de investir em renda fixa é baixo e o investimento é seguro, à medida que você já tem noção do retorno no momento da aplicação.

Já quem investe em ações corre mais riscos, pois com as mudanças no mercado elas podem se valorizar ou desvalorizar repentinamente.

Tente conversar com o gerente de um banco ou com uma corretora, porque os profissionais poderão lhe ajudar a escolher e investir melhor. No entanto, tenha sempre em mente que pesquisar e estudar sobre os diferentes tipos de investimento é muito importante, para que você tenha condições de ser orientado sem ser enganado por qualquer tipo de oferta.

3. Não concentre seu dinheiro em uma única aplicação

Colocar todo o seu dinheiro em um único tipo de aplicação pode trazer lucros muitos bons, mas também prejuízos. Para diminuir esse impacto, o ideal é sempre diversificar. Aplique parte de seu dinheiro em investimentos considerados arriscados, mas tenha parte deles em um mais conservador para conseguir um equilíbrio.

Antes de fazer uma aplicação é preciso conhecer o seu perfil porque se for uma pessoa conservadora, não vai ficar confortável em fazer um investimento de alto risco e isso pode acabar fazendo com que opte pela opção errada. Combine o seu perfil com opções compatíveis com ele.

4. Acompanhe os investimentos

Não adianta fazer a aplicação e deixá-las sem nenhum acompanhamento só porque os seus objetivos são para daqui um ano. É preciso sempre estar acompanhando e também fazendo a gestão das suas finanças para verificar os recursos que ficaram disponíveis para serem investidos.

Uma boa forma de conseguir isso é com aplicativos como o Mobills, que ajudam a controlar as suas finanças e apresentam os resultados com gráficos para ficar mais fácil de entender. Quem quer começar a investir e adotar esses cuidados tem uma maior probabilidade de ter bons resultados e conseguir atingir seus objetivos.

Leia mais:

Boas opções para você que quer saber onde investir 1.000 reais

Conheça os 6 melhores investimentos para iniciantes

Home Broker: a tecnologia a favor de seus investimentos

Tem mais alguma dúvida para começar a investir? Vai começar hoje mesmo? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo “Quer começar a investir mas não sabe como? Veja estas 4 dicas”? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários