10 coisas em que você NÃO deve gastar dinheiro

Banner convidando para o Mobills

Com a vida corrida que muitas pessoas têm hoje em dia, alguns gastos acabam passando despercebidos.

Essas despesas passam a ser tão comuns que nós acabamos nos acostumando a tal ponto de nem considerar o tanto de dinheiro que estamos gastando com certas coisas.

Garantias estendidas desnecessariamente, pacotes de TV a cabo, assinaturas, entre outros. 

O site de notícias Business Insider listou algumas coisas em que você NÃO deve gastar dinheiro e lembrou que, ao cortar determinados gastos, você poderá economizar para realizar outros objetivos financeiros ou gastar com coisas mais úteis e interessantes. 

Confira a lista logo após este vídeo que vai te ensinar a cortar gastos supérfluos: 

Coisas em que você NÃO deve gastar dinheiro: Top 10

1. Planos de celular inadequados ao seu perfil

A quantidade de pessoas que escolhe um plano de celular que realmente se encaixe em seu uso é muita pequena, a maioria prefere comprar um plano que seja mais completo. 

Dica: a princípio, procure pagar pelo uso de internet e mensagens ilimitadas.

Após alguns meses, faça uma análise do quanto você utiliza e reduza seu plano.

2. Loteria

Jogar na loteria de vez em quando, apenas por diversão, não é o problema. Embora, eu sinceramente não aconselhe que você faça nem isso, valorize seu dinheiro!

De todo modo, o que você não deve fazer de jeito nenhum é comprar bilhetes frequentemente e “apostar todas as fichas” que realmente vai ganhar o prêmio.

Pode até ser algo “barato e insignificante”, no início, mas somando todos os gastos relacionados a isso, você verá que poderia ter dinheiro suficiente para gastar em coisas bem mais interessantes.

Ou melhor ainda, poderia estar poupando e investindo para garantir o seu futuro.


Desafio das 52 semanas para poupar dinheiro: veja como fazer e junte até R$ 13.780,00


3. Fast food

Primeiramente, devido a procura (que aumenta de maneira desenfreada), o preço das redes de fast food têm crescido cada vez mais.

Ademais, não é algo bom para a sua saúde a longo prazo.

Ao preparar sua comida, além de economizar dinheiro, você terá uma dieta bem mais saudável.

4. Assinaturas em geral 

A princípio, era só para as revistas, e agora também existe um plano de academia e um jornal.

As assinaturas podem acabar se somando e, se você parar para pensar, algumas delas podem não ser tão úteis assim.

Analise as opções que você possui e cancele o que você vê que não é mais necessário.

5. Garantias estendidas 

Vendedores estão sempre pressionando para que o cliente leve, junto do produto, garantias estendidas – que o recompensam em casos de quebra, roubo, etc.

Pode ser útil em casos de eletrônicos muito caros, mas normalmente elas acabam custando o preço do aparelho. 

6. Pacotes de TV a cabo

O Netflix e outros programas de streaming, cada vez mais, vêm roubando o lugar das empresas de TV a cabo.

Além de existir uma grande variedade de programas e filmes, você pode assistir qualquer coisa no momento que quiser.

7. Café da manhã fora de casa

Várias pessoas preferem comprar o café da manhã em algum local a caminho do trabalho ao invés de tomar antes de sair de casa.

Mesmo que você tenha que perder algum tempo preparando o café em casa, a economia que gera pode ultrapassar os R$ 120 mensais.


15 despesas mensais para cortar e economizar dinheiro


8. Métodos “fantásticos” para emagrecimento 

Remédios e outros métodos “fantásticos” para emagrecimento são lançados diariamente e podem ter um efeito negativo em sua saúde.

Eles não são baratos e dificilmente cumprem com o que prometem.

Se você deseja emagrecer, procure um médico para te ajudar e evite gastar dinheiro em “métodos milagrosos”.

9. Compra de carros novos 

O brasileiro costuma trocar de carro de dois em dois anos, já virou uma tradição – seja por problemas de mecânica, por ter enjoado do que possui ou de custos de manutenção.

Se esse é seu caso, dê preferência a carros usados ou seminovos.

Assim, você poderá economizar mais dinheiro. 

10. Presentes de última hora 

Se você é daquelas pessoas que sempre deixa para comprar presentes no último momento, você sabe muito bem o quanto é difícil encontrar algo que agrade a você ou a quem receberá o presente.

Sendo assim, você pode acabar pagando caro por um presente nem tão bom assim.

Por isso, sempre pesquise antes de comprar, veja os melhores preços e evite gastar dinheiro onde você poderia economizar.

Conclusão

Embora essa lista seja muito interessante, vale ressaltar que ela não exaustiva, ou seja, existem diversos outros produtos/serviços em que você não deveria gastar.

No entanto, quando se analisa o padrão de gastos dos brasileiros, com certeza, as despesas citadas são algumas das que chamam mais atenção.

Espero que se você ainda estiver gastando seu suado dinheiro em algum desses itens, reflita bastante sobre o tema e opte por cortar esse gasto.

De toda maneira, é fundamental que você analise detalhadamente todas as suas despesas mensais e veja quais os gastos que mais impactam negativamente no seu orçamento, para poder eliminá-los.

Para isso, a sugestão é que você comece agora mesmo a utilizar um aplicativo de controle financeiro, como o Mobills, e passe a controlar suas finanças da forma correta.

Só assim você conseguirá parar de gastar mais do que deveria, passará a poupar dinheiro e a investir para realizar seus sonhos e objetivos financeiros.


LEIA TAMBÉM:

Orçamento pessoal: saiba como elaborar o seu corretamente em 5 passos