Como funciona a bolsa de valores?

Banner convidando para o site do Mobills

Quando se fala em bolsa de valores, muita gente ainda tem uma ideia antiga de diversas pessoas em um salão gritando para vender e comprar ações. Hoje isso ainda acontece, porém com menor frequência, já que a maior parte das ações são negociadas por meio eletrônico e não físico.

No Brasil, a bolsa de valores que temos é a de São Paulo, formada pela união da BOVESPA e a BM&F. A primeira tem seu foco em negociar ações e opções de ações. Já a BM&F realiza a negociação de produtos agropecuários e instrumentos financeiros. Dessa maneira, apesar de serem parecidas, o foco delas é um pouco diferente.

Quer entender melhor seu funcionamento? Continue a leitura para entender mais sobre a bolsa de valores!

Entenda como funciona a bolsa de valores

Um “mercado” no qual as ações são negociadas

A  bolsa de valores, nada mais é, do que um “mercado” no qual as ações são negociadas. Essa negociação pode ocorrer por meio de instituições financeiras, fundos de ações, investidores e outros que utilizam uma corretora para fazer o intermédio entre o cliente e a bolsa.

Quando ocorre uma negociação, a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), que é o agente de custódia e liquidação, registra todos os dados das negociações e também  de quem adquiriu esses papéis.

Em resumo, o investidor envia a ordem de compra para a corretora, essa adquire a ação, a CBLC registra a transação e assim os investidores passam a ser donos dela. As ações da bolsa são negociadas das 10h às 17h nos dias úteis, porém eles podem sofrer alterações.

Como identificar as ações

As ações não são todas iguais. Elas podem ser Preferencial Nominativa (PN), que dão preferência no recebimento dos dividendos ou Ordinária Nominativa (ON), que permitem o voto nas assembleias que envolvam definições da empresa. Mas, na maior parte, os investidores estão interessados em ações preferenciais nominativas, já que o objetivo é ter algum lucro com elas.

Para que se saiba qual ação está sendo negociada ou a qual se refere, é preciso entender como ocorre a identificação. As 4 primeiras letras indicam a sigla de qual empresa aquela ação representa. Na sequência, há um número que identificará o tipo de ação.

As oscilações da bolsa de valores

Provavelmente, você já ouviu falar que a bolsa de valores subiu ou caiu. Isso quer dizer que houve variação no seu índice.

Para ficar mais claro, o Ibovespa é o índice utilizado, sendo que refletirá o que aconteceu com as ações que foram realizadas na bolsa. Na verdade, ele indicará como o mercado está se comportando.

Se muitas pessoas no mesmo dia resolvem vender as ações, devido à grande oferta, a tendência é que o preço caia e o índice acompanhe essa tendência. Já se muita gente quer comprar, as ações vão ficar escassas, fazendo com que os preços subam e o índice também.

Claro que essas compras e vendas não acontecem por mera coincidência e o índice não reflete apenas as ações de uma única empresa, mas de todas as que são negociadas naquela bolsa.

Existem fatores como a economia e política dos países que podem influenciar diretamente nesses preços, assim como o que ocorre diretamente com cada empresa. Sendo assim, fica muito mais fácil entender que se trata de um reflexo do que acontece no mercado e no mundo corporativo.

Como investir na bolsa de valores

Para quem quer começar a investir em ações deve entender que esse é um mercado de alto risco, sendo preciso ter isso em mente. Mas, a primeira coisa a fazer é buscar uma corretora que deve ser credenciada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Para fazer o investimento se pode escolher entre:

  • Fundo de investimento: administrado por uma corretora que vende contas aos investidores e distribui entre eles os lucros ou prejuízos.
  • Clube de investimento: formado por um grupo de conhecidos que administram o grupo e dão a ordem de compra e venda para a corretora.
  • Individualmente: cada pessoa compra e vende suas próprias ações também por intermédio de uma corretora.
  • Por isso, depois de escolher a forma de investir em ações será preciso verificar quais são as mais rentáveis e aproveitar os lucros que a bolsa de valores pode oferecer.

Conseguiu aprender como funciona a bolsa de valores? Sabe um pouco mais sobre o assunto? Compartilhe conosco!

Banner convidando para o site do Mobills

Gostou do artigo Como funciona a bolsa de valores? A sua opinião é muito importante para nós! Sugira novos temas, deixe seu comentário.

Comentários