Em um período de incertezas, é indispensável atitudes para adequar o orçamento e manter a qualidade de vida frente a imprevistos financeiros

Cansado de ler? Então ouça este artigo:

10 atitudes urgentes para adequar o orçamento em tempos de pandemia

Como andam os seus objetivos financeiros para o ano de 2020?

É fato que em um período de pandemia e quarentena, tudo se torna muito incerto, e diversas metas definidas no início do ano acabam sendo deixadas de lado.

Em meio a essas incertezas, dentre elas a incerteza econômica do país, o que nos fica de aprendizado é que o planejamento financeiro é indispensável para manter a qualidade de vida em meio a imprevistos financeiros.

Quase tudo nessa vida envolve dinheiro, logo, planejar-se com antecedência para manter a vida financeira saudável e consertar escolhas financeiras inadequadas para continuar o ano financeiramente estável é fundamental. 

É por isso que esse é o tema do nosso artigo de hoje, vamos falar sobre atitudes urgentes para adequar o orçamento em tempo de pandemia.

Com base em um pesquisa feita na terceira semana de maio com 1.086 usuários do Mobills, plataforma completa de controle e educação financeira, 39,9% deles se sentem diretamente afetados financeiramente pela situação envolvendo a pandemia de covid-19, pois tiveram sua renda reduzida.

Sem falar dos 7,9% MBs (usuários Mobills) que tiveram a perda total de sua renda, ainda com base nessa pesquisa.

Ao mesmo tempo em que 48,5% não tiveram sua vida financeira afetada, pois mantiveram sua renda e 4,2% precisaram utilizar sua reserva de emergência.

Nesse cenário crítico e grave para a manutenção das finanças pessoais, é essencial que você aprenda e coloque em prática atitudes no seu dia que o ajudem a superar momentos de dificuldade financeira.

Conheça as 10 atitudes urgentes para adequar o orçamento

1. Comece a controlar todos os seus ganhos e gastos mensais

Essa é, sem dúvidas, a dica número 1 para o controle adequado das finanças pessoais.

Dessa forma, não seria diferente nesse momento de pandemia. Cultivar o hábito de controlar o dinheiro e usá-lo de forma inteligente mostra-se cada dia mais importante.

Se você não possui esse bom hábito, o recomendado é que comece já!

E não tem nenhum mistério, basta você passar a registrar e acompanhar o seu fluxo de caixa, que nada mais é do que a entrada e saída do seu dinheiro.

Sendo assim, em um papel, planilha, ou melhor, em um aplicativo de controle financeiro, faça o registro de suas receitas e despesas mensais.

A intenção é saber exatamente quanto você ganha e quais são os seus gastos.

Com base nisso, fica muito mais fácil analisar e cortar despesas que comprometem negativamente sua renda.


Fluxo de caixa: o conceito contábil que pode ser aplicado às finanças pessoais

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

2. Evite gastar mais do que ganha

Se você não perdeu sua principal fonte de renda, o ideal é que tenha disciplina para não fazer gastos desnecessários e manter seu balanço financeiro positivo. 

Aproveite o momento de isolamento para evitar compras que podem ser adiadas e foque no que é realmente necessário.

Uma dica extra é que você pode e deve escolher um método de distribuição de renda que lhe permita classificar suas despesas por categoria.

Isso mesmo! Todas as suas despesas devem ser classificadas como necessidades, desejos pessoais e poupança ou dívidas.

Após classificá-las e acompanhar seus gastos, fica mais fácil eliminar o que não precisa e manter seu orçamento no azul.

3. Crie o hábito de poupar

Mesmo que você esteja passando por uma crise financeira, é importante que entenda a importância de poupar pensando no bem-estar presente e futuro. 

Nesse ponto, é válido lembrar que muitas pessoas sentem-se desmotivadas quando não possuem uma boa quantidade de dinheiro disponível para sua poupança.

Mas saiba que essa não é a grande questão. É preciso entender que a criação do hábito acaba sendo ainda mais útil que o valor inicial dos aportes.

O ideal é que faça aportes frequentes, mesmo que inicialmente sejam inferiores ao desejado.

Contanto que comprometa-se a aumentar sua renda e, consequentemente, seus aportes ao longo do tempo.

Nesse momento, se não possui muito, comece com pouco mesmo. Pode ser 1% da sua renda ou mesmo R$1,00 por semana. Aos poucos enxergará a grandeza deste hábito na sua vida financeira.


Como economizar dinheiro neste momento de dificuldade? Veja 13 dicas fundamentais!


4. Evite comprar por delivery

Já parou para pensar que fazer suas próprias refeições pode render uma boa economia para você? 

Muitas pessoas estão aproveitando a quarentena para pedir delivery nas principais refeições do dia e, principalmente, fast food. 

Essa atitude é muito válida quando lembramos que é necessário movimentarmos a economia uma vez que empresas de diversos setores estão sendo prejudicadas, sem falar dos pequenos comércios e trabalhadores autônomos.

No entanto, isso pode elevar suas despesas com alimentação. Logo, se puder, planeje pedir comida menos vezes durante a semana.

5. Faça lista de compras

Os supermercados, como oferecem um serviço essencial para a população, continuam funcionando em meio à crise.

Nesse período, muitos deles estão fazendo promoções e disponibilizando bons serviços de entrega. 

Sabendo disso, olhe a despensa, a geladeira, armários, etc. e analise o que você está precisando comprar.

Faça listas de compras bem pensadas de acordo com as suas necessidades e não compre o que não precisa ou o que não vai conseguir consumir. 

Nesse ponto, também é importante ter consciência para não fazer estoques de produtos, pois isso pode afetar negativamente outras famílias.


Procurando um aplicativo de lista de compras? Conheça os melhores!


6. Cuidado com as compras online

Comprar online agora é mais do que cômodo, virou questão de necessidade.

Porém, cuidado para não acabar comprando o que não precisa e extrapolando no uso do cartão de crédito.

Assim como funciona com a sua lista de compras do supermercado, você pode muito bem fazer uma lista dos seus desejos pessoais e ordená-los por ordem de prioridade.

Em casa, certamente, gastos com roupas, calçados e acessórios podem muito bem ser adiados visando a economia e poupança para gastos imprevistos e realmente necessários.

Tenha consciência das suas reais necessidades e cuidado para não cair na tentação de “aproveitar” ofertas de compras em sites de suas lojas favoritas.

Dê um descanso no cartão de crédito, se possível, e se descadastre de newsletters de lojas que levam você ao consumo em excesso.

O ato de economizar deve ser bastante considerado nesse momento.

7. Caso seja necessário, pesquise pelas formas de empréstimo mais baratas

Se você teve sua renda afetada por meio da crise, não possui reserva de emergência, nem outro tipo de segurança financeira, talvez enxergue solução nas opções de empréstimo existentes. 

Nesse caso, lembre-se de pesquisar bem e buscar formas de empréstimo mais baratas e que não comprometam muito o seu bem-estar futuro.

Se você não possui essa necessidade urgente, procure formas de manter, aumentar ou mesmo criar uma reserva de emergência que cubra gastos imprevistos e necessários, podendo ser relacionados à saúde ou não.


Precisando de dinheiro urgente? Veja as 15 melhores empresas de empréstimo online!


8. Economize o máximo possível e negocie pagamentos

Nesse período de quarentena, certamente você verá que contas como a de água e energia ficarão mais caras. 

Assim sendo, busque economizar onde puder, como apagando as luzes dos cômodos da casa quando não estiver utilizando e não deixe aparelhos em stand-by. 

Também é um período importante para negociar certos pagamentos.

O importante é conversar para chegar em um acordo que seja positivo para ambos os lados, como no caso de diminuir o valor do aluguel ou reduzir a mensalidade da academia. 

Que tal trocar seu plano de celular que não está utilizando por um mais barato?

Essa e outras atitudes devem ser consideradas para te fazer economizar o máximo possível.

9. Faça um planejamento financeiro e pense no longo prazo

Aproveite seu tempo livre para organizar suas finanças, determinar seus objetivos e fazer um bom planejamento financeiro. 

A crise vai passar e é importante que tenha seus planos bem direcionados para conquistar seus objetivos. 

Isso vale para o curto e longo prazo, para a forma como vai lidar com as suas finanças no dia a dia, durante e após a crise.

Faça uma retrospectiva do que aconteceu nesses primeiros meses do ano até hoje, avalie como tem se saído até aqui e o que pode fazer para mudar e melhorar seus resultados.

Isso vale para todos os âmbitos da sua vida. Busque o equilíbrio para fortalecer sua saúde física, mental e financeira.

O que você pode fazer hoje que vai te ajudar a alcançar seus objetivos esperados? Pense nisso, anote e execute.  


Como montar um bom planejamento financeiro utilizando o Mobills


10. Tenha disciplina e respeite o seu orçamento

Ter foco e disciplina são habilidades importantes que todos nós devemos aprender e desenvolver. 

Coloque teto nos seus gastos, distribua sua renda de forma inteligente e busque cumprir as metas e objetivos que você estabeleceu para a sua vida.

Tenha consciência de que suas atitudes no dia a dia fazem diferença e determinam aquilo que você é e o que vai conquistar.

Valorize seus sonhos, suas metas, e coloque seu planejamento financeiro em prática, respeitando seu tempo e orçamento definido.

Conclusão

A elaboração de um orçamento leva em consideração dois aspectos essenciais: suas receitas e suas despesas. 

Sendo bastante eficiente e capaz de nos possibilitar desde pequenas a grandes conquistas.

Além de te dar clareza nas suas finanças pessoais, um orçamento bem elaborado facilita o processo de realização dos seus objetivos financeiros e superação em momento difíceis.

Por isso, devemos considerar e aplicar estratégias eficazes para adequar o orçamento em tempos de pandemia, como a que estamos vivendo.

Com o Mobills, você tem o controle do seu dinheiro na palma da sua mão e ainda pode criar seu planejamento financeiro e determinar objetivos que deseja realizar.

Neste momento, não hesite em aplicar o que está aprendendo para uma melhor qualidade de vida, durante e após essa crise.

-> O que achou do artigo sobre como adequar o orçamento neste período de pandemia? Se gostou, então, compartilhe com seus amigos e familiares que possam se interessar.

Quer acompanhar nosso conteúdo também no Instagram? Clique aqui e siga o @mobillsedu!

A sua opinião é muito importante para nós! Sendo assim, sugira novos temas, deixe seu comentário.


APRENDA MAIS:

Conheça a Regra 50-30-20: um ótimo método de organização do orçamento!

Postado em: Finanças Pessoais


Escrito por Larissa Brioso

Estudante de Economia na Universidade Federal do Ceará e assistente de Marketing na Mobills. Cresci com o desejo de possuir a minha independência financeira e aos 17 anos me tornei estudante incansável das técnicas de gerenciamento financeiro e investimentos. Ler, escrever e praticar atividades físicas é o que eu gosto de fazer. Estou sempre sorrindo, mas quer me ver ainda mais feliz? Certamente estarei viajando ou conhecendo um restaurante novo.


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar de

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app