No entanto, para ter direito aos valores é preciso preencher alguns requisitos. Veja quais na notícia!

Abono salarial de mais de 1 mil reais é liberado para quem trabalhou em 2018

O pagamento do abono salarial PIS/Pasep começou na quinta-feira (16/01).

Receberão os valores aqueles que fazem aniversário nos meses de janeiro e fevereiro, no caso do PIS (empregados de empresas privadas) ou aqueles que têm inscrição terminada em 5, referente ao Pasep (funcionários públicos).

No entanto, para ter direito aos valores é preciso preencher alguns requisitos como:

Requisitos para sacar o abono PIS/Pasep

  • Ter trabalhado com carteira assinada em 2018 por pelo menos 30 dias.
  • Ter ganho, à época, uma média de no máximo 2 salários mínimos por mês.
  • Ter inscrição no PIS/Pasep por pelo menos 5 anos.
  • Ter os dados informados corretamente pela empresa.

Onde consultar se tenho direito ao PIS/Pasep?

A consulta pode ser realizada por meio dos seguintes canais:

PIS (trabalhador de empresa privada)

  • No site da Caixa Econômica Federal: clique aqui e consulte.
  • Pelo aplicativo “Caixa Trabalhador”, disponível para Android e iOS.
  • E, ainda, pelas centrais de atendimento Caixa: 0800 726 0207

Pasep (servidor público)

  • O Banco do Brasil é o responsável pelo pagamento. Assim, para mais informações, deve-se entrar em contato com as centrais de atendimento pelos números:
    • 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
    • 0800 729 0001 (demais cidades) e
    • 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

19 Aplicativos para ganhar dinheiro no seu tempo livre e obter uma boa renda extra


Qual o valor pago pelo PIS/Pasep?

O valor pode chegar até um salário mínimo, atualmente R$ 1.039,00. Porém, o efetivo recebimento vai depender de quanto tempo a pessoa trabalhou.

Caso tenha trabalhado o ano todo, recebe o valor integral. Se não, receberá proporcionalmente. Por exemplo, se trabalhou 1 mês, recebe 1/12 do Salário Mínimo.

Segundo a tabela disponível no site da Caixa, os arredondamentos dos valores citados anteriormente serão para mais.

Logo, quem trabalhou um mês receberá R$ 87,00, ao invés de R$ 86,58 (1/12 de R$ 1.039,00).


Controle financeiro pessoal: veja o passo a passo para fazer o seu com eficiência!


Onde sacar o PIS/Pasep?

Os locais e modos de sacar os valores irão depender de qual modalidade está em questão, veja:

  • Empregados de empresas privadas que possuam o Cartão Cidadão e senha deste podem sacar os valores em lotéricas ou caixas eletrônicos da Caixa.
  • Caso o beneficiário não tenha Cartão Cidadão, basta dirigir-se a uma agência da Caixa com documento de identificação em mãos para sacar o valor.
  • Para os correntistas, os valores podem ser depositados direto na sua conta Caixa, caso ela tenha pelo menos R$ 1,00 de saldo e movimentação.
  • Para os servidores púbicos que recebem o Pasep, o dinheiro pode cair diretamente em sua conta do Banco do Brasil ou há a possibilidade de saque, devendo o beneficiário apresentar apenas o documento de identificação.

Quando acaba o prazo do saque e o que acontece se perdê-lo?

O prazo final para saque dos valores do PIS/Pasep, referente ao ano de 2018, é dia 30 de junho de 2020.

Quem perder esse prazo, não terá mais direito ao abono e os valores não sacados serão redirecionados ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Para reaver o direito de sacar o abono, o trabalhador pode ingressar por vias judiciais e conseguir a liberação do valor, o que já ocorreu anteriormente.

Essa situação parece pontual, mas dos valores de PIS/Pasep de 2017, que estavam disponíveis para saque até 28 de junho de 2019, mais de 1,3 bilhão retornou ao FAT.

Isso significa que mais de dois milhões de trabalhadores não retiraram seus abonos.


Educação financeira: o conceito que deveria ser aprendido por todos desde a infância


Abono salarial x Fundo PIS/Pasep

É bom lembrar que o governo liberou o saque de cotas do PIS/Pasep, porém, essa é uma situação diferente.

Quem tem direito a sacar os valores do fundo são trabalhadores que estavam na ativa entre os anos de 1971 a 1988 e ainda não sacaram estes recursos.

Banner convidando para pedir o cartão Méliuz

Para saber mais detalhes sobre as cotas, acesse o site da Caixa ou do Banco do Brasil.


APRENDA MAIS:

O passo a passo para consultar o saldo do FGTS pela internet


View this post on Instagram

JÁ OUVIU FALAR DO MINIMALISMO FINANCEIRO? ⠀ Eu definiria o minimalismo financeiro como uma decisão de estilo de vida com 2 componentes distintos: ⠀ 1. Cortar a maior parte das despesas mensais desnecessárias; 2. Automatizar suas finanças o máximo possível. ⠀ Se você realmente viver de acordo com esses 2 princípios, não demorará muito para começar a experimentar os vários benefícios que vêm com eles: ⠀ 1. O minimalismo encoraja você a abraçar as coisas que são mais importantes para você. Isso naturalmente se transferirá para o modo como você gasta seu dinheiro. Perceber o que é mais relevante para você vai ajudar com suas prioridades de gastos e isso pode melhorar bastante a maneira que você lida com seu dinheiro em geral. ⠀ 2. Toda vez que você toma uma decisão, seu cérebro fica um pouco mais cansado. Ao automatizar o máximo que você puder, você economiza energia mental e acaba tomando melhores decisões. ⠀ 3. Com o tempo, o minimalismo financeiro resulta em uma conta bancária mais gorda (e, portanto, uma rede de segurança maior). Porém, mais importante que isso, ensina você a ser o mestre do seu dinheiro em vez de ser dominado por ele – e essa é a verdadeira liberdade financeira. ⠀ 4. O minimalismo é sobre deixar de lado o que não importa em sua vida e se concentrar no que importa, ou seja, seus valores centrais. ⠀ 5. Muitas vezes, as pessoas compram coisas porque são baratas e parece uma grande barganha. Como resultado, gasta-se mais dinheiro ao longo do tempo. ⠀ 6. Ao ser minimalista, você terá mais dinheiro para colocar naquilo que é essencial para você, como o pagamento das dívidas, por exemplo. ⠀ O que achou do minimalismo? Pretende adotar esse estilo de vida? Conta pra gente! ⠀ Siga @mobillsedu ⠀ 📲 Não esqueça de ativar as notificações! 💙 Se gostou, deixe seu like e comentário. 📌 Salve para ler depois. ⠀ #mobillsedu #aprendizmb #minimalismo #minimalismofinanceiro #estilodevida #gastarmenos #comprarmenos #dicas #prosperidade #conhecimento #rico #riqueza #dinheiro

A post shared by Mobills Educação Financeira (@mobillsedu) on

Postado em: Notícias


Escrito por Ariane Lopes

Ariane Lopes, redatora do Portal Mobills. Formada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará - UFC e Pós-graduanda em Gestão Pública pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB. Pesquisadora incansável dos temas educação financeira e finanças pessoais. Principais hobbies: assistir documentários, ler, organizar eventos e viajar.


Hey, o que você achou desse conteúdo?

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar de

Junte-se a mais de 239.950 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

logo-mobills-app

Baixe agora para o seu dispositivo

logo-mobills-app
logo-mobills-app
logo-mobills-app